Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 30 de abril de 2019.
Dia do Ferroviário.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

30/04/2019 - 08h10min. Alterada em 30/04 às 08h10min

Bolsas da Ásia fecham sem sinal único, com Xangai em alta

Estadão Conteúdo
As bolsas asiáticas fecharam sem sinal único, nesta terça-feira (30), ainda durante o feriado prolongado no Japão que deixa a Bolsa de Tóquio fechada. Na China, a Bolsa de Xangai registrou ganhos, recuperando-se da queda do pregão anterior.
A Bolsa de Xangai fechou em alta de 0,52%, em 3.078,34 pontos. A de Shenzhen, por sua vez, subiu 0,67%, a 1.711,55 pontos, retomando em parte o terreno perdido com a queda de 2,41% nessa segunda-feira (29). Os setores de energia e concessionárias puxaram os ganhos nesta terça, nas ações chinesas.
Em Hong Kong, o índice Hang Seng teve queda de 0,65%, a 29.699,11 pontos. A companhia chinesa de petróleo Cnooc teve baixa de 3,4%, enquanto Link REIT recuou 2,35%. Por outro lado, a fabricante de carne de porco WH Group subiu 5,4%, após ter divulgado balanço no dia anterior.
Na Coreia do Sul, o índice Kospi registrou baixa de 0,58%, a 2.203,59 pontos. A fabricante de cosméticos Amorepacific teve queda de 5,9%, após alguns bancos de investimento mostrarem pessimismo sobre a ação, mesmo após ganhos fortes da empresa no primeiro trimestre. Ações dos setores de construção e medicamentos recuaram pelo menos 1%.
Na Bolsa de Taiwan, o índice Taiex subiu 0,26%, a 10.967,73 pontos. Walsin e Yageo tiveram ganho de mais de 1%, enquanto Mega Financial registrou alta de 1%, atingindo nova máxima em 19 anos. Por outro lado, Hon Hai, fornecedora da Apple, recuou 1%, devolvendo parte dos fortes ganhos recentes, com alta de 18% para abril.
Na Oceania, o índice S&P/ASX 200 fechou em baixa de 0,53%, a 6.325,50 pontos, na Bolsa de Sydney. Apesar da queda, a praça local reduziu perdas nas horas finais do pregão. O setor de energia registrou baixa de 1,45%, mas o de saúde avançou 0,4%.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia