Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 22 de abril de 2019.
Dia Mundial da Terra. Descobrimento do Brasil.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Indústria Automotiva

22/04/2019 - 08h23min. Alterada em 22/04 às 08h23min

Carlos Ghosn recebe nova acusação formal da promotoria de Tóquio

Ex-presidente do conselho de administração da Nissan foi apontado por agravamento de abuso de confiança

Ex-presidente do conselho de administração da Nissan foi apontado por agravamento de abuso de confiança


JOHANNES EISELE/AFP/JC
Agência Brasil
A promotoria de Tóquio apresentou nesta segunda-feira (22) uma nova acusação formal contra o brasileiro Carlos Ghosn por agravamento de abuso de confiança.
O ex-presidente do conselho de administração da Nissan é parte de uma batalha judicial desde novembro do ano passado sobre supostas irregularidades financeiras.
A promotoria acusa Ghosn de ter enviado dinheiro para uma concessionária em Omã, e que parte das divisas teria acabado nas mãos de uma empresa de fachada no Líbano, que ele próprio controla.
A promotoria aponta que a Nissan perdeu quase cinco milhões de dólares como resultado da transação. O ex-executivo foi preso pela quarta vez no início deste mês. Ghosn nega todas as acusações.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia