Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 12 de abril de 2019.
Dia do Obstetra.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

12/04/2019 - 16h31min. Alterada em 12/04 às 16h31min

Ouro fecha em alta, apoiado por dólar mais fraco

Com o dólar mais fraco, o ouro fica mais barato para os detentores de outras divisas

Com o dólar mais fraco, o ouro fica mais barato para os detentores de outras divisas


BULLIONVAULT/VISUAL HUNT/DIVULGAÇÃO/JC
Estadão Conteúdo
O ouro fechou com ganhos nesta sexta-feira (12), apoiado pelo enfraquecimento do dólar. Na semana, contudo, ele registrou leve queda, perto da estabilidade.
O ouro para junho fechou em alta de 0,15%, a US$ 1.295,20 a onça-troy, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex). Na comparação semanal, o metal teve baixa de 0,03%.
Com o dólar mais fraco, o ouro, cotado nessa moeda, fica mais barato para os detentores de outras divisas, o que tende a impulsionar a demanda.
Na quinta-feira, o ouro havia registrado o fechamento mais baixo e a maior perda diária desde 28 de março, segundo dados da FactSet. Nesta sexta-feira, teve modesta recuperação.
Embora o ouro seja usado por alguns investidores para se proteger da inflação, analistas dizem que altas recentes nos preços ao consumidor são ainda contidas e não geram temor de grandes altas nos preços. Com a inflação modesta e alguns dados econômicos positivos, alguns no mercado voltaram a investir em ativos de mais risco, como o ouro, limitando a demanda pela segurança.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia