Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 04 de abril de 2019.
Aniversário da cidade de São Gabriel.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 04/04 às 10h27min

Dólar à vista sobe após surpresa com dado dos EUA, mas retoma viés de baixa

Estadão Conteúdo
O dólar no mercado à vista subiu pontualmente na manhã desta quinta-feira (4) puxado pelo dólar futuro de maio que ampliou a alta intraday, em reação ao fortalecimento da moeda americana no exterior. Esses movimentos refletiram reação à boa surpresa trazida pelos números de pedidos de auxílio-desemprego dos Estados Unidos na última semana, que recuaram dez mil, para 202 mil, ao menor nível desde dezembro de 1969, segundo um operador de câmbio.
Às 9h47min, o dólar à vista voltava a exibir viés de baixa, em R$ 3,8754, ante máxima pontual aos R$ 3,8789 (+0,02%). O dólar futuro de maio desacelerava para alta para 0,17%, aos R$ 3,8820, após tocar em máxima aos R$ 3,8860 (+0,26%).
Mais cedo, depois da alta firme ontem, aos R$ 3,8780, o dólar à vista iniciou a sessão em baixa, num movimento de realização de ganho.
Já o dólar futuro para maio iniciou a sessão com viés de alta, caiu pontualmente e retomou o sinal positivo em meio ao desconforto com a percepção de falta de articulação política do governo para defesa da reforma da Previdência, segundo operadores de câmbio.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia