Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019.
Aniversário da Casa da Moeda do Brasil.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

aviação

Alterada em 11/02 às 16h16min

Avianca Brasil muda comando em meio à recuperação judicial

Empresa afirma que continua operando normalmente, com pousos e decolagens mantidos

Empresa afirma que continua operando normalmente, com pousos e decolagens mantidos


Airbus Divulgação/jc
Folhapress
Após pedir recuperação judicial em dezembro, a Avianca Brasil mudou o comando da empresa nesta segunda-feira (11). Em nota, a empresa informa que Frederico Pedreira, no posto de diretor geral desde abril de 2016, passará o cargo para o engenheiro Jorge Vianna.
Vianna tem mais de 35 anos de carreira em posições de alta liderança -12 deles, como executivo no setor de aviação.
Um dos fundadores da OceanAir Linhas Aéreas, Viannafoi vice-presidente da empresa de 2001 a 2009. Também passou pela Vice-Presidência da Passaredo, onde ficou até 2014.
A Avianca Brasil afirma que continua operando normalmente, com seus pousos e decolagens mantidos dentro do cronograma previsto. Sob o comando de Jorge Vianna, a empresa segue focada em seu plano de recuperação judicial para garantir a continuidade de suas operações e a sustentabilidade do seu negócio, diz a nota.
Pedreira, que deixa o comando da empresa, dará suporte à companhia durante período de transição.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia