Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 08 de fevereiro de 2019.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Agronegócios

Alterada em 08/02 às 12h11min

Lucro líquido da Yara cresce 50,9% e atinge US$ 157 milhões no 4º trimestre

O resultado representa alta de 50,9% em relação aos US$ 104 milhões

O resultado representa alta de 50,9% em relação aos US$ 104 milhões


JOÃO MATTOS/JC
Estadão Conteúdo
A fabricante norueguesa de fertilizantes Yara reportou, nesta sexta-feira (8) lucro líquido após participações de acionistas minoritários de US$ 157 milhões (US$ 0,58 por ação) no quarto trimestre de 2018. O resultado representa alta de 50,9% em relação aos US$ 104 milhões (US$ 0,38 por ação) registrados em igual período do ano anterior. A receita cresceu 17,81% no mesmo comparativo, para US$ 3,459 bilhões.
O Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) aumentou 37,8%, para US$ 430 milhões. Ao excluir itens especiais, o Ebitda do quarto trimestre teve avanço de 21%, comparado com igual intervalo de 2017, para US$ 424 milhões, "refletindo margens de produção mais altas, dólar mais forte e contribuição dos projetos de crescimento da Yara", justificou a companhia em nota.
As entregas de fertilizantes da companhia foram 1,7% maiores em comparação com o ano anterior, impulsionadas pela aquisição da Babrala na Índia e da Cubatão no Brasil, e atingiram 6,795 milhões de toneladas.
"Provavelmente haverá crescimento na demanda, já que o aumento da produção de grãos é necessário para acompanhar o consumo, uma vez que os estoques globais de grãos estão relativamente baixos, particularmente excluindo a China", estima a companhia.
A Yara projeta um incremento anual de pelo menos US$ 500 milhões no Ebitda até 2020, em linha com seu programa de melhoria.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia