Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 06 de fevereiro de 2019.
Dia do Agente de Defesa Ambiental.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

comércio exterior

Alterada em 06/02 às 18h27min

Janeiro registra exportação de US$ 99,3 milhões em calçados

O Rio Grande do Sul comercializou US$ 37,9 milhões

O Rio Grande do Sul comercializou US$ 37,9 milhões


ABICALÇADOS/DIVULGAÇÃO/JC
O arranque da temporada 2019 para os exportadores de calçados apresenta cenário promissor. Conforme dados elaborados pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), o primeiro mês registrou o embarque de 15 milhões de pares por US$ 99,3 milhões, altas de 33,4% em volume e de 23% em receita no comparativo com o primeiro mês do ano passado.
Segundo o presidente-executivo da Abicalçados, Heitor Klein, o resultado foi alavancado pelas comercializações estrangeiras realizadas pelo estado do Ceará, que majorou as suas exportações em 60%, em relação com o mesmo período do ano anterior. O Rio Grande do Sul contribuiu com a venda de 2,3 milhões de pares, com o total de US$ 37,9 milhões.
O principal destino dos produtos brasileiros segue o mercado dos Estados Unidos, que importou 1,67 milhão de pares por US$ 18,47 milhões, altas de 80% em volume e de 52% em receita ante o mesmo mês de 2018. Segundo Klein, o câmbio mais estável e a retomada do mercado nos Estados Unidos também são indicadores importantes.
O segundo destino dos embarques de janeiro foi a França, para onde foram enviados 1,77 milhão de pares que geraram US$ 9 milhões, quedas de 4% e de 21%, respectivamente.
Por outro lado, a crise econômica na Argentina afetou diretamente o mercado local. Os argentinos compraram 333,27 mil pares por US$ 4,3 milhões, quedas de 2% em pares e de 24,6% em receita.
Acompanhe o levantamento completo da Abicalçados por este link https://drive.google.com/file/d/0Bwij5ZDRk_9Rd29INVpaQk44T1U/view
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia