Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 28 de dezembro de 2018.
Dia do Petroquímico. Dia do Salva-Vidas.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Agronegócios

Edição impressa de 28/12/2018. Alterada em 28/12 às 01h00min

Temer não prorrogará prazo do Funrural

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou nesta quinta-feira, que o presidente Michel Temer não deverá acatar um pedido feito pela futura ministra da Agricultura, Tereza Cristina, para que o prazo de adesão à renegociação das dívidas do Fundo de Assistência do Trabalhador Rural (Funrural) seja prorrogado. O prazo acaba no próximo dia 31 de dezembro.
Se Temer mudar de ideia e conceder a prorrogação, será a sexta vez que o limite será dilatado. "Não vai ser fácil fazer o perdão do passivo e a tendência é de que não haja a prorrogação. O governo Bolsonaro pediu para que prorrogássemos, mas o governo Temer está vendo que não há espaço orçamentário", disse.
Para Marun, no entanto, o presidente eleito Jair Bolsonaro terá condições de dar novo prazo para o Refis do Funrural "mesmo que tenha vencido este prazo de adesão". "Mas ele vai ter dificuldade para isso. Eles terão que fazer as contas deles", avaliou.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia