Porto Alegre, sexta-feira, 13 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Alimentos

12/12/2018 - 14h00min. Alterada em 12/12 às 18h42min

Oferta de carne bovina com antibióticos deve diminuir, diz McDonald's

Rede disse que removeria ingredientes artificiais de pães, queijo e molho dos hambúrgueres mais famosos

Rede disse que removeria ingredientes artificiais de pães, queijo e molho dos hambúrgueres mais famosos


LUIZA PRADO/JC
O McDonald's reduzirá o uso de antibióticos em sua oferta global de carne bovina nos próximos anos. A companhia afirmou na terça-feira (11), que levará dois anos para decidir o quanto dos antibióticos importantes para a saúde humana ela conseguirá retirar da carne, e que irá consultar seus fornecedores de carne bovina nos dez maiores mercados fornecedores, incluindo os EUA.
O McDonald's reduzirá o uso de antibióticos em sua oferta global de carne bovina nos próximos anos. A companhia afirmou na terça-feira (11), que levará dois anos para decidir o quanto dos antibióticos importantes para a saúde humana ela conseguirá retirar da carne, e que irá consultar seus fornecedores de carne bovina nos dez maiores mercados fornecedores, incluindo os EUA.
O McDonald's e outras cadeias de fast-food já eliminaram o uso de antibióticos nas carnes de frango nos EUA. A carne bovina, entretanto, apresenta mais dificuldades: o gado vive mais, aumentando as chances de doença e necessidade de tratamento com antibióticos.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que resistência a antibióticos é uma das maiores ameaças globais à saúde humana. Este ano, o McDonald's disse que removeria ingredientes artificiais dos pães, do queijo e do molho de seus hambúrgueres mais famosos nos EUA. E também passou a fazer hambúrgueres com carne fresca, e não congelada, nos Estados Unidos.