Porto Alegre, sábado, 14 de março de 2020.
Dia Nacional da Poesia. Dia do Vendedor de Livros.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

tecnologia

25/10/2018 - 10h46min. Alterada em 25/10 às 10h45min

Twitter registra lucro de US$ 789 milhões no 3º trimestre e supera expectativas

Trata-se do maior ganho trimestral desde que a companhia passou a ser listada em bolsa

Trata-se do maior ganho trimestral desde que a companhia passou a ser listada em bolsa


DIPTENDU DUTTA/AFP/JC
O Twitter apresentou lucro líquido de US$ 789 milhões no terceiro trimestre deste ano, o equivalente a ganho de US$ 1,02 por ação, revertendo prejuízo de US$ 21 milhões registrado no mesmo período do ano passado. Trata-se do maior ganho trimestral desde que a companhia passou a ser listada em bolsa. Com ajustes, o lucro foi de US$ 163 milhões, ou US$ 0,21 por ação, superando as estimativas de analistas consultados pela FactSet, que previam ganho ajustado de US$ 0,14 por ação.
O Twitter apresentou lucro líquido de US$ 789 milhões no terceiro trimestre deste ano, o equivalente a ganho de US$ 1,02 por ação, revertendo prejuízo de US$ 21 milhões registrado no mesmo período do ano passado. Trata-se do maior ganho trimestral desde que a companhia passou a ser listada em bolsa. Com ajustes, o lucro foi de US$ 163 milhões, ou US$ 0,21 por ação, superando as estimativas de analistas consultados pela FactSet, que previam ganho ajustado de US$ 0,14 por ação.
A receita do Twitter, por sua vez, registrou avanço de 29% entre julho e setembro na comparação com o mesmo período do ano anterior, subindo para US$ 758 milhões. A estimativa de analistas ouvidos pela FactSet também foi superada nesse caso à medida que a projeção era de crescimento da receita para US$ 701 milhões no período. Grande parte dos resultados positivos veio da receita da publicidade, que aumentou 29% na mesma base comparativa, para US$ 650 milhões.
Os fortes resultados de lucro e receita se espalharam para a ação do Twitter, que saltou nos negócios do pré-mercado em Nova York. Às 8h34 (de Brasília), a ação da companhia saltava 13,7%, a US$ 31,31, chegando a níveis não vistos desde o início de setembro.
A quantidade de usuários, contudo, voltou a decepcionar. O Twitter informou que, no terceiro trimestre, registrou 326 milhões de usuários ativos mensais, o que representa uma queda de 4 milhões em relação ao período entre julho e setembro do ano passado. Analistas da FactSet esperavam aumento da quantidade de usuários, para 331,5 milhões. Além disso, na comparação com o segundo trimestre deste ano, a quantidade de usuários ativos mensais diminuiu 9 milhões, o segundo recuo consecutivo. Já o número de usuários ativos diários aumentou 9% na comparação com o terceiro trimestre de 2017.
Parte da queda na quantidade de usuários já havia sido indicada pelo Twitter. De acordo com o presidente-executivo da companhia, Jack Dorsey, a empresa está fazendo um "progresso significativo" nos esforços para tornar o Twitter um serviço diário "mais saudável e valioso", ao detectar e remover contas suspeitas e com spam na inscrição. O esforço vem como medida depois de escândalos envolvendo as gigantes de redes sociais com utilização de perfis em interferências externas em processos eleitorais.
Para o quarto trimestre, o Twitter espera que o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado fique entre US$ 320 milhões e US$ 340 milhões.