Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 04 de outubro de 2018.
Dia do Barman e dia Mundial dos Animais.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

indústria automotiva

Alterada em 04/10 às 12h43min

Queda nas exportações derruba a produção de veículos em setembro

Produção brasileira caiu 23,5% em setembro ante agosto, para 223,1 mil carros

Produção brasileira caiu 23,5% em setembro ante agosto, para 223,1 mil carros


FREDY VIEIRA/ARQUIVO/JC
Folhapress
A produção brasileira de veículos caiu 23,5% em setembro ante agosto, para 223,1 mil carros, comerciais leves, caminhões e ônibus, refletindo recuo nas vendas internas e externas, informou nesta quinta-feira (4) a Anfavea, entidade que representa as montadoras.
A queda é atribuída aos quatro dias úteis a menos e à diminuição das exportações devido à redução nas compras da Argentina.
Segundo Antonio Megale, presidente da Anfavea, a indústria se prepara para um novo ciclo, com queda na produção e redução de envios de veículos ao exterior. Com isso, a Anfavea prevê redução de 8,6% nas exportações neste ano.
Megale afirma que as montadoras buscam alternativas à Argentina, que pausa por crise e tem importado menos carros produzidos no Brasil. O executivo acredita que a conclusão dos ajustes no acordo comercial entre Estados Unidos, México e Canadá tende a melhorar o envio de carros para o mercado mexicano.
Na comparação com setembro de 2017, a produção teve queda de 6,3%. Com o resultado, no acumulado de janeiro a setembro, o volume produzido alcançou 2,19 milhões de unidades,10,5% acimado total montado no mesmo período do ano passado.
Os licenciamentos de veículos novos no mês passado caíram 14,2% ante agosto e avançaram 7,1%na comparação anual, para 213,3 mil unidades, segundo os dados da entidade. As vendas nos nove primeiros meses do ano somaram 1,85 milhão de veículos, 14%a mais que o registrado um ano antes.
As exportações de veículos e máquinas agrícolas em setembro somaram US$ 990 milhões (R$ 3,8 bilhões), queda de 23,6% ante agosto e de 28,6% sobre um ano antes.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia