Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 25 de setembro de 2018.
Dia do Trânsito.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Tecnologia

Edição impressa de 25/09/2018. Alterada em 25/09 às 01h00min

Mercado de tablets cai 3,4%, no 2º trimestre

O mercado brasileiro de tablets teve uma pequena reação no primeiro trimestre de 2018, quando registrou um aumento de 0,1% nas vendas, mas não manteve esse movimento nos três meses seguintes. Mesmo com o setor corporativo indo às compras, o segmento apresentou queda de 3,4% em relação ao mesmo período de 2017. Os dados fazem parte do IDC Brazil Tablets Tracker Q2, estudo realizado pela IDC Brasil.
Em unidades, foram vendidos 763 mil produtos nos meses de abril, maio e junho deste ano, 27 mil a menos que no mesmo período de 2017. Em receita, foram R$ 433 milhões, um aumento de 8,6% em comparação com o segundo trimestre de 2017, quando o mercado faturou R$ 400 milhões.
Dos 763 mil dispositivos vendidos, 35 mil foram destinados ao mercado corporativo, que significa um aumento de 148% em relação a abril, maio e junho do ano passado, quando as empresas compraram 15 mil unidades. No primeiro trimestre deste ano, esse crescimento já estava acontecendo: o setor foi responsável pela compra de 20 mil unidades do total de 768 mil.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia