Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 21 de setembro de 2018.
Dia da Árvore. Dia do Radialista e do Fazendeiro.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Construção Civil

Edição impressa de 21/09/2018. Alterada em 21/09 às 01h00min

Setor de construção pede que tributação especial seja prorrogada

O presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic), José Carlos Martins, alertou, nesta quinta-feira, que, caso o prazo da tributação especial para obras do Minha Casa Minha Vida (MCMV) não seja prorrogado, o setor terá um prejuízo de 5% nos contratos do programa. Segundo ele, o assunto foi discutido durante a reunião que teve com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto.
Esse sistema tributário foi criado em 2004, com o objetivo de reduzir os custos fiscais dessas obras, de forma a estimular a construção de moradias para a população de baixa renda. "Foi criado, no MCMV, um sistema de tributário específico que vence no final deste ano. O problema é que existem contratos em andamento que, caso esse prazo não seja prorrogado, resultarão em um prejuízo da ordem de 5% do valor de contrato", disse Martins após o encontro com Michel Temer.
Perguntado sobre como a reivindicação foi recebida por Temer, Martins comentou que o presidente "simplesmente disse que ia estudar a questão e que, nos próximos dias, daria uma resposta".
Martins reivindicou também mais recursos para a manutenção do Minha Casa Minha Vida. Segundo ele, "hoje, o MCMV representa 65% de todo o mercado imobiliário no Brasil. Estamos com 2 milhões de trabalhadores que têm como principal produto o MCMV. Isso mostra a importância que esse programa tem, hoje, no mercado imobiliário".
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia