Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 19 de setembro de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mobilidade Urbana

19/09/2018 - 16h08min. Alterada em 19/09 às 16h08min

Empresa chinesa de transporte compartilhado Didi Chuxing expande atuação no México

Empresa chinesa, que tem sua sede em Hangzhou, está ampliando sua atuação no México

Empresa chinesa, que tem sua sede em Hangzhou, está ampliando sua atuação no México


China OUT/Divulgação/AFP/JC
Agência Xinhua
A gigante chinesa de transporte compartilhado Didi Chuxing começou na terça-feira (18) a operar em Guadalajara, segunda maior cidade do México, como parte dos seus planos de expansão. "O próximo passo será a Cidade do México", disse Pablo Mondragon, diretor de operações da empresa para a capital do país e Toluca, capital do Estado do México.
Toluca é por onde a Didi entrou no México, em abril. Em agosto, já tinha se expandido para a capital industrial do norte do país, Monterrey.
Guadalajara, capital do Estado de Jalisco, no oeste do país, tem um setor produtivo próspero impulsionado pela inovação tecnológica, indústrias criativas, manufatura especializada e agroindústria, entre outros. Na Grande Guadalajara os moradores gastam até 40% da renda em locomoção, segundo a empresa.
"A visão da Didi de manter um relacionamento próximo, empático e transparente com seus motoristas parceiros está recompensando", disse Andrés Valencia, chefe das operações da empresa em Guadalajara.
O serviço de compartilhamento de transporte tem 10 mil motoristas locais como parceiros, elegíveis a certos bônus, como cupons de 500 pesos (US$ 27) para gasolina. Além disso, a empresa oferece uma variedade de medidas de segurança para ajudar os motoristas a identificar áreas de alto risco e alertar operadores no caso de emergência.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia