Porto Alegre, sábado, 14 de março de 2020.
Dia Nacional da Poesia. Dia do Vendedor de Livros.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

indústria

22/08/2018 - 01h03min. Alterada em 22/08 às 01h00min

Prévia da FGV mostra recuo da confiança

Agência Brasil
A prévia da Sondagem da Indústria de agosto mostra queda de 0,8 ponto do Índice de Confiança da Indústria em relação ao apurado em julho, ficando em 99,3 pontos - o menor desde novembro de 2017. Em julho, o indicador alcançou 100,1 pontos, o mesmo número dos meses de maio e junho, apontam dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV).
A prévia da Sondagem da Indústria de agosto mostra queda de 0,8 ponto do Índice de Confiança da Indústria em relação ao apurado em julho, ficando em 99,3 pontos - o menor desde novembro de 2017. Em julho, o indicador alcançou 100,1 pontos, o mesmo número dos meses de maio e junho, apontam dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV).
A piora da confiança no mês estaria sendo influenciada "pela menor satisfação dos empresários sobre o momento presente". A prévia mostra que o Índice da Situação Atual pode reduzir 2,4 pontos em agosto, ao cair dos 99 pontos de julho para 96,6 pontos neste mês; enquanto o Índice de Expectativas subiria 0,8 ponto, passando de 101,1 para 101,9 pontos.
Por outro lado, a avaliação da FGV é de que o resultado preliminar de agosto sinaliza estabilidade do Nível de Utilização da Capacidade Instalada da Indústria em 75,7%. Para a prévia de agosto, a FGV consultou 782 empresas entre os dias 1 e 17 deste mês.