Porto Alegre, sábado, 14 de março de 2020.
Dia Nacional da Poesia. Dia do Vendedor de Livros.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Gestão

01/08/2018 - 01h01min. Alterada em 01/08 às 01h00min

Conhecimento será tema do 19º Congresso do PGQP

Transformação das empresas é necessária, dizem Randon (e) e Pierry

Transformação das empresas é necessária, dizem Randon (e) e Pierry


/MARCELO G. RIBEIRO/JC
Em um cenário que exige mudanças exponenciais e disruptivas, com o advento das startups entre as novas gerações, novos modelos de pensamento e formas se conectar serão o tema do 19º Congresso Internacional da Gestão, promovido pelo PGQP (Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade). O evento ocorrerá no Centro de Eventos da Fiergs no dia 13 de agosto. Referência nas áreas de qualidade e gestão, o encontro - que contará com 22 palestrantes nacionais e internacionais - abordará o tema Conhecimento para transformar. Em meio aos debates, apresentação de cases de sucesso e realização de workshops, será apresentado o novo propósito do PGQP, com visão do presente e do futuro das organizações gaúchas.
Em um cenário que exige mudanças exponenciais e disruptivas, com o advento das startups entre as novas gerações, novos modelos de pensamento e formas se conectar serão o tema do 19º Congresso Internacional da Gestão, promovido pelo PGQP (Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade). O evento ocorrerá no Centro de Eventos da Fiergs no dia 13 de agosto. Referência nas áreas de qualidade e gestão, o encontro - que contará com 22 palestrantes nacionais e internacionais - abordará o tema Conhecimento para transformar. Em meio aos debates, apresentação de cases de sucesso e realização de workshops, será apresentado o novo propósito do PGQP, com visão do presente e do futuro das organizações gaúchas.
"Um dos focos principais é seguir o modelo de inspirar pessoas para transformar o mercado, e, por consequência, transformar o Estado", destaca o presidente do Conselho Diretor do PGQP, Daniel Randon. Segundo o dirigente, o tema vai ao encontro dos novos tempos, que exigem que empresas tradicionais que operacionam através de gestão e governança corporativa se deparem com as rupturas provocadas pelas startups. "Quando falamos em transformação digital, é sobre a capacidade de usar novos meios tecnológicos para transformar e mudar estratégias e conceitos junto aos clientes, por exemplo." Randon destaca que, mais do que nunca, é preciso aplicar modelos de negócios baseados na cooperação, e não na rivalidade. "As empresas que não se adequarem a isso estão fadadas a desaparecer", sentencia.
Randon avalia que esta é justamente uma dificuldade das empresas gaúchas: trabalhar de forma mais cooperativa. "O Estado precisa que as lideranças, tanto políticas quanto empresariais, cooperem mais entre si, para que sejam alcançados melhores resultados."
A definição dos temas das palestras está vinculada à composição de cases de experiências consolidados com negócios novos, que apresentam muita tecnologia. "Inovamos ao construir o conceito do tema central através de um processo de cocriação", avalia o secretário executivo do PGQP, Luiz Pierry. Ele destaca que o encontro contará com palestrantes de renome, que debaterão assuntos como Indústria 4.0, sustentabilidade, inovação, tecnologia, cocriação, Blockchain, entre outros, inseridos na realidade atual. Entre os convidados, Pierry destaca o presidente da John Deere Brasil, Paulo Hermann; o CEO da StartSe, Pedro Englert; o cofundador da startup Pulsar, Guilherme Viegas; e o sócio-fundador da Smile Flame, Daniel Mattos, entre outros.
Após as palestras da manhã, o evento será dividido em quatro salas no turno da tarde com as nomenclaturas dos temas a serem debatidos: Transformação, Inovação, Cocriação e Inspiração. À noite, será realizada a entrega do 23º Prêmio Qualidade RS (no Teatro do Sesi), que reconhecerá 32 organizações.