Porto Alegre, sábado, 14 de março de 2020.
Dia Nacional da Poesia. Dia do Vendedor de Livros.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

mercado financeiro

06/07/2018 - 10h29min. Alterada em 06/07 às 10h29min

Juros futuros ampliam queda na esteira da desaceleração do dólar

As taxas futuras de juros ampliaram o ajuste de queda na esteira da desaceleração do dólar ante o real. Os ativos reagem à divulgação do relatório oficial do mercado de trabalho dos Estados Unidos, o payroll, que mostrou nesta sexta-feira (6) que a economia norte-americana criou 213 mil postos de trabalho em junho, mais do que a previsão de geração de 195 mil vagas no período. No entanto, a taxa de desemprego subiu a 4,0%, contrariando expectativa de manutenção em 3,8%. Além disso, o salário médio por hora teve incremento de apenas 0,19% em junho ante maio, menos que a previsão de alta de 0,30%.
As taxas futuras de juros ampliaram o ajuste de queda na esteira da desaceleração do dólar ante o real. Os ativos reagem à divulgação do relatório oficial do mercado de trabalho dos Estados Unidos, o payroll, que mostrou nesta sexta-feira (6) que a economia norte-americana criou 213 mil postos de trabalho em junho, mais do que a previsão de geração de 195 mil vagas no período. No entanto, a taxa de desemprego subiu a 4,0%, contrariando expectativa de manutenção em 3,8%. Além disso, o salário médio por hora teve incremento de apenas 0,19% em junho ante maio, menos que a previsão de alta de 0,30%.
Às 10h02min, o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) com vencimento em janeiro de 2019 exibia 6,890%, de 6,914% no ajuste de quinta-feira. O DI para janeiro de 2020 estava em 8,36%, de 8,44%. O DI para janeiro de 2021 apontava 9,34%, de 9,41%, e o DI para janeiro de 2023 marcava 10,70%, de 10,77%. O dólar à vista subia 0,36%, aos R$ 3,9446. O dólar futuro de agosto avançava 0,27%, aos R$ 3,9535.
Antes da divulgação dos dados de empregos dos EUA, os juros futuros já mostravam um viés de baixa, uma vez que a alta de 1,26% do IPCA de junho ficou levemente abaixo da mediana das projeções (+1,28%) e dentro do intervalo das estimativas dos analistas (1,02% a 1,37%). A taxa acumulada pela inflação no ano foi de 2,60%. Em 12 meses, o IPCA acumulou alta de 4,39%, dentro das projeções dos analistas, que iam de 4,14% a 4,50%, e abaixo da mediana de 4,41%.
Na quinta-feira (5) a Secretaria do Tesouro Nacional divulgou o cancelamento dos leilões tradicionais de venda de Notas do Tesouro Nacional - série F (NTN-F) previstos para os dias 12, 19 e 26 de julho. No comunicado, o órgão informou que permanecem mantidos os leilões tradicionais de Letras do Tesouro Nacional (LTN) e Notas do Tesouro Nacional - série B (NTN-B). No entanto, ressalva o documento, o Tesouro se reserva o direito de suspendê-los, a depender das condições de mercado. Os leilões de Letras Financeiras do Tesouro (LFT) estão confirmados, diz o texto.