Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de julho de 2018.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Tecnologia

Notícia da edição impressa de 05/07/2018. Alterada em 04/07 às 22h35min

Agas debate avanços tecnológicos no varejo

Roberta Fofonka
A Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) quer aproximar a tecnologia dos varejistas. Nesta quarta-feira (4), no Centro de Eventos da Fiergs, ocorreu a InfoAgas - Feira de tecnologia, inteligência e startups, com palestras sobre o que há de novo para os supermercadistas gaúchos aprimorarem seus negócios. O encontro aconteceu 10 anos depois da primeira edição, devido à necessidade, reconhecida pela instituição, de se aproximar dos assuntos de inovação e, assim, agir no crescimento do setor.
O evento contou com palestras e expositores de base tecnológica, com soluções de administração, economia de energia e consolidação de cartões. O futuro das corporações também foi abordado, com a palestra do mentor e investidor da Startse, Igor Drews. Segundo ele, as empresas devem investir em sistemas de tecnologia em gestão. "Com certeza há ferramentas dentro das empresas de vocês que não estão sendo utilizadas", pontuou ele para os supermercadistas gaúchos. De outro lado, avaliou que o avanço tecnológico caminha junto do desenvolvimento das corporações no que diz respeito às pessoas. "As empresas estão avançando no algoritmo e no humanismo", ressaltou.
Drew também alertou os empresários para a "quarta revolução industrial" em curso, que funcionará sob uma lógica de produção a partir da demanda, com o uso das impressoras 3D. Para alcançar a inovação, o recado final para os empresários locais foi contarem com os serviços das startups. "Existe uma startup que está trabalhando somente para resolver um problema da sua empresa, seja de recursos humanos, estoque etc.", finalizou.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia