Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 29 de junho de 2018.
Dia da Telefonista.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

TraBALHO

Notícia da edição impressa de 29/06/2018. Alterada em 29/06 às 01h00min

Prazo para sacar abono salarial se encerra nesta sexta-feira

Termina nesta sexta-feira o prazo para os trabalhadores sacarem o PIS/Pasep. Os recursos do abono salarial devem ser retirados nas agências da Caixa Econômica Federal, que paga o PIS, e do Banco do Brasil, responsável pelo Pasep.
Mais de 2 milhões de trabalhadores não sacaram o abono salarial. Segundo o Ministério do Trabalho, há disponível R$ 1,6 bilhão. Quem tiver direito e não fizer o saque ficará sem o dinheiro.
O abono do PIS/Pasep é destinado a profissionais da iniciativa privada e servidores que trabalharam formalmente no ano-base de 2016, ganhando até dois salários mínimos. Além disso, é necessário estar inscrito há pelo menos cinco anos no PIS/Pasep. Já a cota é paga para quem trabalhou com carteira assinada ou foi servidor de 1971 a 4 de outubro de 1988.

COMO FUNCIONA

QUEM TEM DIREITO AO ABONO
O abono do PIS/Pasep é diferente da cota. Este valor é pago todo ano para quem trabalhou com carteira assinada ou foi servidor no ano-base anterior. Para receber em 2018, é preciso:
  • Ter trabalhado formalmente por pelo menos um mês em 2016
  • Ter recebido até dois salários-mínimos
  • Estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos
QUANTO É PAGO
  • O valor varia conforme o número de meses trabalhados
  • Neste ano, ele vai de R$ 80,00 a R$ 954,00
PRAZO PARA SACAR
  • Até o dia 29 deste mês
COTA
  • A cota do fundo PIS/Pasep é paga para quem trabalhou formalmente entre 1971 e 4 de outubro de 1988
  • O dinheiro está liberado para quem tem entre 57 e 59 anos, e para os maiores de 60 anos
  • Trabalhadores mais novos poderão sacar os valores a partir de agosto
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia