Porto Alegre, quarta-feira, 11 de maio de 2022.
Porto Alegre,
quarta-feira, 11 de maio de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

ARTES CÊNICAS

- Publicada em 11/05/2022 às 15h26min.

Peça teatral discute sustentabilidade a partir das ilhas de plástico nos oceanos

'Reciclamundo' irá percorrer 50 cidades da região Sul do Brasil até o final do ano

'Reciclamundo' irá percorrer 50 cidades da região Sul do Brasil até o final do ano


RECICLAMUNDO/DIVULGAÇÃO/JC
Quando o assunto é poluição da água, o plástico aparece como um dos principais vilões. Segundo relatório publicado pela WWF (Fundo Mundial para a Natureza) em 2019, 10 milhões de toneladas desse material vão para os oceanos todos os anos, formando as chamadas ilhas de plástico. Esse cenário é base da peça teatral Reciclamundo, que tem sua estreia marcada para esta sexta-feira (13), às 14h, na Fenachim, em Venâncio Aires.
Quando o assunto é poluição da água, o plástico aparece como um dos principais vilões. Segundo relatório publicado pela WWF (Fundo Mundial para a Natureza) em 2019, 10 milhões de toneladas desse material vão para os oceanos todos os anos, formando as chamadas ilhas de plástico. Esse cenário é base da peça teatral Reciclamundo, que tem sua estreia marcada para esta sexta-feira (13), às 14h, na Fenachim, em Venâncio Aires.
A história se passa em um período pós-apocalíptico, onde todo o planeta foi encoberto pelos mares e ilhas de plástico são a única forma de se manter em “terra firme”. Na trama, os dois últimos sobreviventes, acompanhados de um robô-humanoide-dançarino-multifunções, falam sobre a urgência das mudanças de hábitos.
O objetivo da peça é conversar diretamente com o público infantojuvenil, que está em processo de desenvolvimento e de construção de conhecimentos. Assim, a iniciativa visa compartilhar informações sobre consumo responsável, sustentabilidade e transformação de materiais. Ao longo do ano, a montagem ainda passará por mais 49 municípios nos três estados da região Sul do Brasil.
Escrito e interpretado pela companhia de teatro Armazém, cultura e entretenimento, o projeto é elaborado pela d.marin, produtora cultural de Passo Fundo. A iniciativa também tem apoio e está alinhada à estratégia de ESG de redução de impactos negativos no meio ambiente e suporte às comunidades da Alliance One e da China Brasil Tabacos.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO