Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Cultura

- Publicada em 14 de Janeiro de 2022 às 19:42

Em função da chuva, sessão aberta de documentário é remarcada em Porto Alegre

Longa 'De olhos abertos' terá nova exibição no Museu Joaquim Felizardo em 29 de janeiro

Longa 'De olhos abertos' terá nova exibição no Museu Joaquim Felizardo em 29 de janeiro


LUIZ ABREU/DIVULGAÇÃO/JC
Documentário que mostra como é produzido e vendido o jornal Boca de Rua na capital gaúcha, o longa De olhos abertos, de Charlotte Dafol, teria exibição aberta, ao ar livre, no jardim do Museu de Porto Alegre Joaquim Felizardo (João Alfredo, 582) na noite deste sábado (15). Porém, considerando as condições climáticas, devido à previsão de forte chuva para o final da tarde, a produção do evento decidiu remarcar a atração para o sábado 29 de janeiro, com abertura do local às 18h.
Documentário que mostra como é produzido e vendido o jornal Boca de Rua na capital gaúcha, o longa De olhos abertos, de Charlotte Dafol, teria exibição aberta, ao ar livre, no jardim do Museu de Porto Alegre Joaquim Felizardo (João Alfredo, 582) na noite deste sábado (15). Porém, considerando as condições climáticas, devido à previsão de forte chuva para o final da tarde, a produção do evento decidiu remarcar a atração para o sábado 29 de janeiro, com abertura do local às 18h.
Os integrantes da equipe justificaram a resolução reforçando a ideia do lançamento de promover um "cinema aberto e e democrático, gratuito, seguro e acessível a todxs". Esse conceito fundamental tinha como eixo a escolha por uma sessão ao ar livre, em um espaço histórico e de fácil acesso na cidade.
"Lamentamos muito este cenário e garantimos a vocês que tentamos contorná-lo de diversas formas, porém, é realmente inviável para a manutenção dos equipamentos, além de ser inseguro para nossa equipe e nosso público", completa a nota divulgada nas redes sociais do projeto.
O filme será apresentado ainda na Cinemateca Paulo Amorim da Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736) no próximo sábado (22), às 19h, e no Marakaya (Vieira de Castro, 133) no dia 27 de janeiro, às 20h. Todas as sessões têm entrada franca e serão seguidas de debates com representantes da equipe do filme e do jornal Boca de Rua, produzido por moradores de rua há 20 anos na Capital.
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO