Porto Alegre, terça-feira, 05 de outubro de 2021.
Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa. Feriado nos estados do Amapá, Roraima e Tocantins.
Porto Alegre,
terça-feira, 05 de outubro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Gente

- Publicada em 05/10/2021 às 09h35min.

Mãe de Nego do Borel registra desaparecimento do cantor

O cantor está desparecido desde segunda (4), quando deixou de se comunicar com a família

O cantor está desparecido desde segunda (4), quando deixou de se comunicar com a família


DIVULGAÇÃO/ JC
Nessa segunda- feira (5), Roseli Viana, mãe de Nego do Borel, 29,  nome artístico de Leno Maycon Viana Gomes, registrou boletim de ocorrência sobre o desaparecimento do filho na 42ª Delegacia de Polícia Civil do Rio de Janeiro, que fica no Recreio dos Bandeirantes (zona oeste da cidade). O cantor está desparecido desde segunda (4), quando deixou de se comunicar com a família.
Nessa segunda- feira (5), Roseli Viana, mãe de Nego do Borel, 29,  nome artístico de Leno Maycon Viana Gomes, registrou boletim de ocorrência sobre o desaparecimento do filho na 42ª Delegacia de Polícia Civil do Rio de Janeiro, que fica no Recreio dos Bandeirantes (zona oeste da cidade). O cantor está desparecido desde segunda (4), quando deixou de se comunicar com a família.
De acordo com a DDPA (Delegacia de Descoberta de Paradeiros), as investigações relacionadas ao desaparecimento estão em andamento. Agentes realizam diligências para localizar o cantor.
Na manhã desta terça (5), Roseli, pediu orações para que o filho seja encontrado. 
"Daqui a pouco, vai dar 24 horas e ele não apareceu. O telefone está dando desligado. Peço a ajuda de vocês para orarem por ele independente da crença de cada um de vocês, por favor", escreveu ela em publicação no Stories do Instagram.
Anteriormente, Roseli postou que os "juízes da internet estão matando as pessoas". "Os Igs (instagrams) e páginas de fofoca também são responsáveis diretamente por isso, promovem o ódio gratuito com textos tendenciosos atacando indiretamente às pessoas. Depois quando acontece o pior querem ficar fazendo mil postagens falando da pessoa para ganhar biscoito igual aconteceu com o Kevin."
Desde que foi expulso de A Fazenda 13 (Record), o cantor tem dado declarações em que diz estar passando por um momento emocionalmente difícil. Ele deixou o reality show após os espectadores o acusarem de supostamente estuprar a modelo Dayane Mello na madrugada do sábado (25), após a segunda festa do programa.
Em nota, a Record afirmou que "diante dos fatos apurados, a direção da Record TV decidiu pela retirada do Nego do Borel da competição". A emissora também informou que a participante passou por atendimento psicológico.
Circulam nas redes sociais trechos de vídeos dos peões no quarto após a comemoração. Dayane aparentava estar muito bêbada e outros participantes a ajudaram a se trocar e a se deitar.
Em uma das imagens, MC Gui, 23, aparece perguntando se ela gostaria de ficar onde estava, com Nego do Borel sobre ela, ou ir para a cama dela. "Papo sério, se ela não quiser sair, você sai, Nego", ele disse, e alegou ser melhor para evitar problemas.
Ao fundo, vozes femininas afirmavam que ela estava "totalmente bêbada" e concordam com a instrução. Em outro vídeo, Borel está deitado ao lado de Dayane, a abraçando, e outros participantes tentam afastá-lo, enquanto o cantor pede: "Calma aí".
Um dos trechos mais sérios é o que mostra o quarto durante a madrugada, com os demais participantes dormindo. As limitações da câmera não permitem que as imagens e o áudio sejam claros.
Segundo o público, nos trechos, Nego do Borel estaria na cama com Dayane, que não reagia por estar inconsciente. Há sons que parecem gemidos e, em alguns momentos, é possível ouvir a voz da modelo, quase inaudível, murmurando que tem uma filha.
Antes do programa, ele já havia sido indiciado por agressões físicas contra uma ex-namorada e acusado de violência doméstica por outras. Ele nega.
/Folhapress
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO