Porto Alegre, quinta-feira, 23 de setembro de 2021.
Porto Alegre,
quinta-feira, 23 de setembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

NO PALCO

- Publicada em 23/09/2021 às 08h56min.

Ospa realiza estreia nacional da ópera 'O acordo perfeito'

O músico Daniel Germano é um dos solistas que estrela o espetáculo

O músico Daniel Germano é um dos solistas que estrela o espetáculo


JORGE SCHERER/DIVULGAÇÃO/JC
A Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa) apresenta neste sábado (25) e domingo (26), às 17h, um dos maiores destaques da temporada 2021: a estreia nacional da ópera O acordo perfeito, de Adolphe Adam. Esta é a primeira vez que a Sala Sinfônica da Casa recebe uma ópera completa com cenário, figurinos especiais, iluminação e legendagem desde a inauguração em 2018.
A Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa) apresenta neste sábado (25) e domingo (26), às 17h, um dos maiores destaques da temporada 2021: a estreia nacional da ópera O acordo perfeito, de Adolphe Adam. Esta é a primeira vez que a Sala Sinfônica da Casa recebe uma ópera completa com cenário, figurinos especiais, iluminação e legendagem desde a inauguração em 2018.
Na performance, o diretor cênico Flávio Leite adaptou o texto original trazendo a história do século XIX para os dias de hoje com ambientalização no Rio Grande do Sul. Com regência e direção musical de Evandro Matté, o espetáculo é estrelado pelo trio de solistas Carla Domingues (soprano), Giovanni Tristacci (tenor) e Daniel Germano (baixo-barítono).
O acordo perfeito é uma ópera cômica originalmente batizada de Le Toréador ou l'Accord parfait, com libreto de Thomas Sauvage, que fez um grande sucesso após a estreia em 18 de maio de 1849, na Ópera Comique de Paris. A história trata de um triângulo amoroso entre a cantora lírica Coraline (Carla Domingues), o fazendeiro Belflor (Daniel Germano) e o flautista Tracolin (Giovanni Tristacci).
Coube a Rodrigo Shalako o desafio de criar o cenário do espetáculo, onde a orquestra dividirá o palco com os personagens. O ambiente estará repleto de pinturas e esculturas assinadas por quatro artistas gaúchas: Mariza Carpes, Tina Felice, Michelle Bloedow e Mara Bellini. Os figurinos são assinados por Antônio Rabàdan, e a iluminação, por José Luis Fagundes.
Os ingressos, equivalentes a 1 kg de alimento não perecível, podem ser adquiridos através da bilheteria online a partir das 12h desta quinta-feira (23), ou na própria Ospa (Borges de Medeiros, 1.501) na sexta-feira (24), sábado (25) ou domingo (26), das 12h às 17h. Haverá transmissão gratuita do espetáculo de domingo pelo canal da Ospa no YouTube.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário