Porto Alegre, quinta-feira, 19 de agosto de 2021.
Dia Mundial da Fotografia.
Porto Alegre,
quinta-feira, 19 de agosto de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

MÚSICA

- Publicada em 08h14min, 19/08/2021.

Novo single de Felipe Karam entra nas plataformas digitais

Violinista apresenta traços de jazz e de africanidade ancestral em nova música

Violinista apresenta traços de jazz e de africanidade ancestral em nova música


/AFROVULTO/DIVULGAÇÃO/JC
Escrita de forma coletiva em meados de 2019, o samba instrumental Água de Santo tem lançamento nesta quinta-feira (19) em todas as plataformas digitais. A releitura da canção, gravada pelo quinteto Miguel Tejera (baixo), Dani Vargas (bateria), Antonio Flores (guitarra), Felipe Karam (violino) e Max Garcia (violão), resulta em uma música de sonoridade autêntica que muito representa o trabalho autoral do violinista.
Escrita de forma coletiva em meados de 2019, o samba instrumental Água de Santo tem lançamento nesta quinta-feira (19) em todas as plataformas digitais. A releitura da canção, gravada pelo quinteto Miguel Tejera (baixo), Dani Vargas (bateria), Antonio Flores (guitarra), Felipe Karam (violino) e Max Garcia (violão), resulta em uma música de sonoridade autêntica que muito representa o trabalho autoral do violinista.
Nascido em Porto Alegre, Karam é formado em Música pela Ufrgs e, a partir de 2004, passou a se dividir entre Brasil, Inglaterra e Estados Unidos em sua carreira internacional. Em 2018, lançou o seu primeiro disco solo autoral, De sol a sol, e agora estreia seu mais novo trabalho.
Água de Santo traz em sua essência características que representam uma africanidade ancestral no que diz respeito à condução rítmica de sua levada de samba partido alto brasileiro. A canção apresenta ainda uma influência jazzística no que diz respeito à abordagem de improvisos sobre uma harmonia modal e uma levada com influência dos tambores do candomblé.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário