Porto Alegre, terça-feira, 04 de maio de 2021.
Porto Alegre,
terça-feira, 04 de maio de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

audiovisual

- Publicada em 07h54min, 04/05/2021.

Amante de relíquias e caçador de aventuras lança vídeo no YouTube

Cantor e compositor ZéVitor apresenta 'Vamo nessa: Um minidoc sobre a paixão aircooled'

Cantor e compositor ZéVitor apresenta 'Vamo nessa: Um minidoc sobre a paixão aircooled'


GABRIEL GARCIA/DIVULGAÇÃO/JC
O cantor e compositor ZéVitor lança nesta terça-feira (4), às 14h, no YouTube, o vídeo Vamo nessa: Um minidoc sobre a paixão aircooled. Dirigido por Cristiana Britto, o clipe do single do músico traz a imagem, na imaginação do ouvinte, de um Fusca pronto para cair na estrada, sem muitos detalhes da relação de ZéVitor com o carro mais amado do Brasil.
O cantor e compositor ZéVitor lança nesta terça-feira (4), às 14h, no YouTube, o vídeo Vamo nessa: Um minidoc sobre a paixão aircooled. Dirigido por Cristiana Britto, o clipe do single do músico traz a imagem, na imaginação do ouvinte, de um Fusca pronto para cair na estrada, sem muitos detalhes da relação de ZéVitor com o carro mais amado do Brasil.
Então, o minidocumentário sobre a sua paixão aircooled agora cumpre este papel. Narrado pelo cantor, o vídeo de precisos quatro minutos mostra que de contrastes inusitados está repleta a história do automóvel criado na Alemanha nazista e ressignificado anos mais tarde como símbolo de liberdade e rebeldia, a ponto de inspirar Walt Disney em um de seus mais emblemáticos exemplares: o Herbie, do filme Se meu Fusca falasse e de outros sucessos do cinema.
Não menos eloquente, Jango, estrela de Vamo nessa, também tem muito o que falar. O modelo bordô 1964 de seu primo Márcio mostra que a ligação com a marca vem de família. Segundo consta, a mãe do artista aprendeu a dirigir em um desse, e seu pai, quando ainda morava na roça, fez de seu antigo Volks um galinheiro - sem falar nos modelos gêmeos 1961 do próprio Zé e a Kombi de seu bisavô, uma das primeiras fabricadas no Brasil. O minidoc revela a faceta despojada do artista amante de relíquias e caçador de aventuras. 
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário