Porto Alegre, quinta-feira, 29 de abril de 2021.
Porto Alegre,
quinta-feira, 29 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

artes visuais

- Publicada em 13h13min, 29/04/2021.

Exemplares da Arte Contemporânea do RS entram em evidência

'Lumen', instalação de Regina Silveira, integra mostra do projeto do acervo do Macrs

'Lumen', instalação de Regina Silveira, integra mostra do projeto do acervo do Macrs


RUBENS CHIRI/DIVULGAÇÃO/JC
Esta quinta-feira (29) será um marco importante para a arte contemporânea do Estado do Rio Grande do Sul. O Macrs lança às 19h a exposição coletiva virtual de artistas do seu acervo e também o site do projeto Arte Contemporânea RS, no endereço acervomacrs.com.
Esta quinta-feira (29) será um marco importante para a arte contemporânea do Estado do Rio Grande do Sul. O Macrs lança às 19h a exposição coletiva virtual de artistas do seu acervo e também o site do projeto Arte Contemporânea RS, no endereço acervomacrs.com.
Com mais de 70 obras de artistas como Sandro Ka, Alfredo Nicolaiewsky, Ana Norogrando,  André Severo, Andressa Cantergiani, Bruno Borne, Carla Borba, Carlos Fajardo, Carlos Pasquetti, Carlos Vergara, Cildo Meireles, Clóvis Dariano, Frantz, Gelson Radaelli, Hélio Fervenza, ÍO, Karin Lambrecht, Lenir de Miranda,  Lia Menna Barreto, LLuiz Carlos Felizardo,  Maria Lídia Magliani, Nuno Ramos, Patrício Farias, Regina Silveira, Romanita Disconzi, Rommulo Conceição, Romy Pocztaruk, Teresa Poester, Túlio Pinto, Vera Chaves Barcellos, Walmor Corrêa e Xadalú em diferentes suportes, a mostra inédita tem curadoria de Maria Amélia Bulhões, marcando a diversidade e representatividade do acervo.
As criações ficam em exibição nas galerias Sotero Cosme e Xico Stockinger, além do espaço Vasco Prado, no 6º andar da Casa de Cultura Mario Quintana (Andradas, 736), até 4 de julho. A visitação presencial pode ser feita a partir de 4 de maio, das 10h às 18h, com agendamento prévio pelo e-mail [email protected].
O projeto tem financiamento da Lei Aldir Blanc e inclui ainda um catálogo, em versão virtual e impressa, que será lançado em breve, em data a confirmar. O trabalho minucioso de uma equipe coordenada pela gestora cultural Vera Pellin e orientada pela pesquisadora e curadora do projeto Maria Amélia Bulhões catalogou 1.843 obras de 928 artistas.
Em edição trilíngue (português, espanhol e inglês), o catálogo terá versão digital hospedada no site do projeto e será disponibilizado, gratuitamente, em todas as redes sociais do museu e da Sedac. Já a versão impressa, composta por 304 páginas, terá tiragem de 1.200 exemplares e será distribuída entre instituições de artes visuais e através da Associação dos Amigos do Macrs para interessados. 
Conforme a pesquisadora e curadora responsável pela catalogação e exposição do acervo, Maria Amélia Bulhões, "o projeto se reveste de grande importância para as artes visuais no Rio Grande do Sul e no Brasil e foi recompensador fazer parte dele, apesar do desafio de realizá-lo dentro prazo, a equipe de trabalho foi muito dedicada e eficiente, envolvendo-se com atenção e afeto no projeto. Dar visibilidade a coleção do Macrs é uma das mais relevantes tarefas para o Museu. Poder se debruçar sobre este acervo para compreendê-lo e valorizá-lo foi uma travessia plena de emoção”.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário