Porto Alegre, quarta-feira, 07 de abril de 2021.
Dia do Jornalista. Dia Mundial da Saúde.
Porto Alegre,
quarta-feira, 07 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Acontece

- Publicada em 18h15min, 07/04/2021.

'Fora da Cor' reúne obras em preto e branco em comemoração aos 30 anos do IEAVi

A exposição Fora da Cor – Exercício 4 apresenta trabalhos em preto e branco e os tons de cinza possíveis entre uma e outra cor. Com obras de 56 artistas, a mostra integra as atividades comemorativas dos 30 anos do Instituto Estadual de Artes Visuais (IEAVi), com o apoio do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul (Macrs).
A exposição Fora da Cor – Exercício 4 apresenta trabalhos em preto e branco e os tons de cinza possíveis entre uma e outra cor. Com obras de 56 artistas, a mostra integra as atividades comemorativas dos 30 anos do Instituto Estadual de Artes Visuais (IEAVi), com o apoio do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul (Macrs).
Na próxima quinta-feira (8), às 19h, acontecerá uma live de abertura com a curadora do projeto Fora da Cor, Ana Zavadil, e o diretor do IEAVi/Macrs, André Venzon, no Facebook da Secretaria de Estado da Cultura. Também deverá ocorrer um tour virtual, em data a ser definida. Quando as condições sanitárias permitirem, haverá visitação presencial sob agendamento, seguindo as orientações das autoridades.
De acordo com Zavadil, os trabalhos, em diferentes linguagens e suportes, revelam a poética de cada artista, enriquecendo a investigação no campo do conhecimento e da experimentação. “O que dá unidade à exposição é justamente a pouca cor e o diálogo entre as obras” explica a curadora, que também é professora e mestre em História, Teoria e Crítica de Arte pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).
A gênese da proposta foi um desafio lançado em 2018 durante aulas ministradas por Zavadil a um grupo de estudos em Santa Maria. O grupo, que se reunia a cada 15 dias, trabalhou com o intuito de criar obras usando somente as cores solicitadas. “Para muitos foi desafiador, mas no desenvolvimento os trabalhos abriram-se para muitas possibilidades e começaram a surgir obras interessantes”, conta ela.
A primeira exposição Fora da Cor aconteceu no Aberto Caminho de Artes, em Porto Alegre, em dezembro de 2018, com trabalhos de 12 artistas de Santa Maria, Caxias do Sul, Novo Hamburgo e da Capital. Em seguida, em 2019, uma nova proposta deu seguimento aos exercícios sem cor. A exposição Fora da Cor – Exercício 2 ocorreu no Museu de Arte de Santa Maria, com 24 artistas. Em 2020, alguns dias antes de começar o isolamento social, foi aberta a exposição Fora da Cor – Exercício 3, no Museu Casa dos Rosa, em Canoas, com 31 artistas. Mas, por causa da pandemia, teve de ficar fechada grande parte do ano.
O ciclo de exposições encerra-se com essa nova exposição que acontece no IEAVi/MACRS. As obras abordam questões pessoais ou de pesquisas realizadas, mas também tratam do tempo e da pandemia, com as mudanças significativas no comportamento - e, por extensão, à arte - de todos.
Comentários CORRIGIR TEXTO