Porto Alegre, quinta-feira, 01 de abril de 2021.
Dia da Mentira.
Porto Alegre,
quinta-feira, 01 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Artes cênicas

- Publicada em 12h56min, 01/04/2021.

Mulheres que se tornaram mães na pandemia ganham espetáculo virtual

'Yèyé' tem produção, roteiro e direção da atriz gaúcha Josy Acosta, que agora vive na Bahia

'Yèyé' tem produção, roteiro e direção da atriz gaúcha Josy Acosta, que agora vive na Bahia


ISMAEL SILVA/DIVULGAÇÃO/JC
Estreia neste sábado (3), às 16h, no canal do Grupo Íwá no YouTube, a peça Yèyé, que fala sobre os desafios da maternidade na pandemia. De acordo com a escritora, produtora e diretora da peça, Josy Acosta, a encenação dialoga com memórias da infância e com a religiosidade de matriz africana para falar da ‘mulher-mãe’, a orixá que é mãe do ser humano.
Estreia neste sábado (3), às 16h, no canal do Grupo Íwá no YouTube, a peça Yèyé, que fala sobre os desafios da maternidade na pandemia. De acordo com a escritora, produtora e diretora da peça, Josy Acosta, a encenação dialoga com memórias da infância e com a religiosidade de matriz africana para falar da ‘mulher-mãe’, a orixá que é mãe do ser humano.
Em yorubá arcaico, Yèyé pode ser traduzido como mãe. Para construir o roteiro, Josy realizou encontros virtuais com vinte mães de diversas partes do país, em uma troca de experiências sobre maternidade em tempos de pandemia.
Acompanham a atriz em cena os músicos Juliana Almeida e Gabriel Carneiro, que divide os arranjos com Pedro Acosta. A peça conta também conta com a participação especial da filha de Josy, Maisha Bárbara, de um ano e quatro meses. Com trilha assinada por Toni Edson e direção do cineasta Ailton Pinheiro, a montagem foi gravada em um espaço cultural de Salvador, na Bahia, e ficará disponível para visualização até 10 de abril.
Comentários CORRIGIR TEXTO