Porto Alegre, segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

audiovisual

- Publicada em 16h53min, 22/02/2021.

Conta Pra Mim Filmes lança minidocumentários em Fórum de Sociologia na Pucrs

Paloma Cristina da Rosa encontrou na Casa de Mulheres Mirabal oportunidade de se sustentar pela culinária

Paloma Cristina da Rosa encontrou na Casa de Mulheres Mirabal oportunidade de se sustentar pela culinária


Conta Pra Mim Filmes/Divulgação/JC
Uma série de vídeos sobre problemas sociais do Brasil será lançada no Fórum de Sociologia na Pucrs nesta terça-feira (23). Challenges of Contemporary Brazil foi realizada pela produtora gaúcha Conta Pra Mim Filmes, com direção geral do professor Hermílio Santos e financiamento da Capes.
Uma série de vídeos sobre problemas sociais do Brasil será lançada no Fórum de Sociologia na Pucrs nesta terça-feira (23). Challenges of Contemporary Brazil foi realizada pela produtora gaúcha Conta Pra Mim Filmes, com direção geral do professor Hermílio Santos e financiamento da Capes.
Os minidocumentários foram gravados em locais como o Complexo de Favelas da Maré, no Rio de Janeiro, e Brasília. Duas organizações do Rio Grande do Sul também são retratadas na produção: a União de Vilas da Grande Cruzeiro, na Zona Sul de Porto Alegre, e a Ocupação Mulheres Mirabal, na Zona Norte. 
Abaixo, um resumo de cada obra com o título em português. O tempo de cada filme varia entre 20 e 30 minutos. Todos terão legendas em inglês.

Sociedade civil nas periferias e favelas da metrópole

Gravado no Complexo de Favelas da Maré, no Rio de Janeiro, o episódio apresenta, por meio do trabalho da Redes da Maré, uma das principais ONGs do Brasil, a importância da sociedade civil em contextos onde o Estado falta.
A personagem principal do vídeo é Pâmela Carvalho, uma das diretoras da Redes, que apresenta um olhar de quem vive, trabalha e luta dentro de uma favela brasileira. Ela também fala sobre o impacto da morte da vereadora Marielle Franco, cria da Maré, dentro da comunidade. "Sem as organizações da sociedade civil, viveríamos um caos dentro do caos", diz Pâmela.

Solidariedade comunitária em tempos de pandemia

Se a pandemia atingiu praticamente todos os segmentos da nossa sociedade, as comunidades periféricas foram ainda mais afetadas. Porém, a solidariedade dentro das favelas salvou milhões de brasileiros. Um dos exemplos foi o trabalho realizado pela União de Vilas da Grande Cruzeiro, em Porto Alegre.
Ouvimos representantes da entidade para entender como as várias ações feitas durante a pandemia ajudaram a livrar centenas de famílias da fome durante a pandemia.

Mulheres negras e mercado de trabalho

Um dos principais dilemas do Brasil na atualidade é a desigualdade dentro do mercado de trabalho. E para traçar uma análise sobre o tema entrevistamos a jornalista Flávia Oliveira, da GloboNews, O Globo e CBN.
Ela contou a sua trajetória como mulher negra até chegar aos principais veículos de comunicação do Brasil e analisou as dificuldades que outras mulheres enfrentam no atual cenário do mercado de trabalho brasileiro.

Precarização e alternativas na periferia

A precariedade das famílias lideradas por mulheres em periferias é uma das principais chagas do Brasil na atualidade. Para mostrar ao público internacional essa realidade, e como as brasileiras conseguem encontrar forças apesar de tudo entrevistamos Paloma Cristina da Rosa, uma jovem de 27 anos, ex-usuária de drogas, que encontrou na Casa de Mulheres Mirabal a força para se reerguer.
Moradora de Porto Alegre, ela aproveitou as oportunidades que a organização ofereceu para conseguir o seu sustento na culinária.

Ameaças aos povos indígenas

Diante de um cenário pouco favorável, com o desmatamento crescente e direitos retirados, os indígenas têm lutado cada vez mais para manter os seus territórios. Com o objetivo de mostrar ao público internacional essa realidade atual no Brasil, a produção entrevistou indígenas e indigenistas de diferentes locais do país.
Eles contaram um pouco da história dos seus povos e falaram sobre o esforço que fazem para manter viva a cultura criada pelos seus ancestrais.

Diversidade ambiental na encruzilhada

Uma das principais ONGs do mundo na defesa do meio ambiente e à proteção indígena, o Instituto Socioambiental (ISA) foi protagonista do vídeo que mostrou o atual cenário ambiental do Brasil.
A equipe foi até Brasília entrevistar Adriana Ramos, coordenadora do Programa de Política e Direito do ISA. Ela falou, entre outros assuntos, sobre a riqueza dos biomas brasileiros, fez um apanhado do atual cenário político na preservação do meio ambiente e ainda fez uma análise sobre a imagem do Brasil no Exterior nos assuntos relacionados à defesa ambiental.
Comentários CORRIGIR TEXTO