Porto Alegre, quinta-feira, 07 de janeiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 07 de janeiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

literatura

- Publicada em 21h13min, 07/01/2021.

Autores de quadrinhos falam sobre técnica criativa e representatividade em nova série

Gaúcha Fabiane Langona, a 'Chiquinha, faz crítica ao papel que a mulher ocupa na sociedade

Gaúcha Fabiane Langona, a 'Chiquinha, faz crítica ao papel que a mulher ocupa na sociedade


PRIME BOX BRAZIL/DIVULGAÇÃO/JC
Estreia nesta quinta-feira (7), às 21h30min, no canal por assinatura Prime Box Brazil, a série HQuem - A Arte de Desenhar Histórias. A atração dirigida por Rozane Braga integra o Mês do Quadrinho Brasileiro.
Estreia nesta quinta-feira (7), às 21h30min, no canal por assinatura Prime Box Brazil, a série HQuem - A Arte de Desenhar Histórias. A atração dirigida por Rozane Braga integra o Mês do Quadrinho Brasileiro.
Treze artistas, dentre eles o vencedor do Prêmio Jabuti 2020, Wagner William, protagonizam nova série televisiva sobre essa que é considerada a nona arte. HQuem – A Arte de Desenhar Histórias percorre ateliês para registrar diferentes técnicas criativas e incentivar o debate sobre representatividade racial e de gênero nessa indústria. 
Entre os convidados da produção, está Marcelo D'Salete, ganhador dos prêmios Jabuti e Eisner (2018), que surge no quarto episódio. Para o quadrinista, "a série explora o vasto universo dos criadores de histórias em quadrinhos no Brasil hoje. Este mercado cresceu muito nos últimos anos, seja na web ou no formato impresso para as livrarias".
Autor de Silvestre, agraciado com Jabuti 2020 de Melhor Quadrinho, Wagner William (tema do 13º episódio) transita por multimídias, com ilustrações para livros a embalagens. Retratado na série pela inquietude, o Potiguar, de 42 anos, revisita a concepção de Bulldogma (2016), segunda obra da carreira, caracterizada por roteiro fluído e design fragmentado. A trama narra a rotina de uma ilustradora ao lado de seu buldogue francês, rodeados por eventos alienígenas, com inspiração contestadora do movimento Nouvelle Vague.
Fabiane Langona (12º episódio) é uma das poucas cartunistas mulheres a ter espaço em grandes veículos de comunicação, com tirinhas publicadas em jornais diários de grande circulação. Projetada ao trabalho inclusivo, a gaúcha, de 36 anos, comenta em depoimento ao seriado sobre o seu pseudônimo Chiquinha, seus quadrinhos irreverentes com crítica ao papel que a mulher ocupa na sociedade, usando a ridicularização e humor como ferramentas para gerar a reflexão e o debate.
O internacional Mateus Santolouco (2º episódio) surgiu no cenário das HQs brasileiras como um dos criadores da série Mondo Urbano (2010), que conta histórias sobre Sexo, Drogas e Rock’n’Roll. O gaúcho, de 41 anos, tornou-se mundialmente conhecido no decorrer da carreira, celebrado como dos principais autores da franquia Tartarugas Ninja. Criou as origens do arqui-inimigo dos quatro mutantes esverdeados batizados com nomes de artistas italianos, o “Destruidor”.
HQuem também dedica episódios exclusivos a Eloar Guazzelli (adaptações de obras da literatura brasileira), Roberta Cirne (rara ilustradora em Recife que explora folclores da cidade em quadrinhos de terror), Diego Guerlach (usa a escala em preto e branco para traços agressivos em seus fanzines), Julia Bax (mistura o digital ao manual em obras independentes), Gabriel Jardim (conecta elementos regionais da Paraíba à brasilidade) e Fabio Zimbres (artista plástico que utiliza diferentes linguagens em experimentações).
Completam o time de entrevistados Ana Luiza Koehler (artista que reconstitui o passado das cidades baseado em pesquisa e formação em Arquitetura e Urbanismo), Arthur Garcia (um dos mais conhecidos artistas do mercado projetado pelo trabalho com mangás) e Roger Vieira (renovação pernambucano com traços que retratam a periferia). Os depoimentos dos artistas são intercalados por reflexões de estudiosos e depoimentos de fãs.
Comentários CORRIGIR TEXTO