Porto Alegre, sábado, 02 de janeiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 02 de janeiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Literatura

- Publicada em 09h59min, 02/01/2021.

Itaú Cultural disponibiliza cadernos digitais sobre arte como alternativa pedagógica

Arte cinética do artista plástico Abraham Palatnik é tema de uma das publicações digitais

Arte cinética do artista plástico Abraham Palatnik é tema de uma das publicações digitais


RODRIGO PATROC/DIVULGAÇÃO/JC
A partir de terça-feira (5), estarão disponíveis no site da Enciclopédia Itaú Cultural três novos Cadernos do Professor. Os assuntos abordados nesta edição passam pelas obras do pintor e escultor Frans Krajcberg e do artista plástico Abraham Palatnik, além de gêneros do Fotojornalismo. Durante 2020, o projeto foi realizado em conjunto com professores de quatro regiões do País, que enviaram ao Itaú Cultural propostas de planos de aula.
A partir de terça-feira (5), estarão disponíveis no site da Enciclopédia Itaú Cultural três novos Cadernos do Professor. Os assuntos abordados nesta edição passam pelas obras do pintor e escultor Frans Krajcberg e do artista plástico Abraham Palatnik, além de gêneros do Fotojornalismo. Durante 2020, o projeto foi realizado em conjunto com professores de quatro regiões do País, que enviaram ao Itaú Cultural propostas de planos de aula.
Os conteúdos abrangem arte e cultura brasileiras em roteiros temáticos para professores e alunos, com o objetivo de oferecer abordagens diversificadas de assuntos tratados na Enciclopédia, contribuindo com alternativas pedagógicas e ferramentas multidisciplinares para a formulação das aulas. Já estão disponíveis online cadernos sobre a arte de Regina Silveira, o cinema de rua, além de contos dos autores Rubem Fonseca, Geovani Martins e Ferréz.
Partindo da trajetória do pintor e escultor Frans Krajcberg, as atividades encontradas no caderno Uma Arte Além da Arte: Frans Krajcberg e as Ciências mostram como a relação entre os conhecimentos e experiências pessoais podem estimular a pesquisa, a reflexão e a criação artística. Ao estudar a poética do artista, a escolha dos materiais e as simbologias de sua produção, os alunos têm a oportunidade de expandir conhecimentos para além da arte contemporânea. Eles poderão não somente conhecer a biografia dele, como também relacionar as disciplinas da base curricular com o processo de criação artística, desenvolver um trabalho de pesquisa, produzir esculturas inspiradas em suas obras e fabricar tintas com pigmentos naturais. Assim, o programa aborda de uma única vez artes visuais, geografia, história, língua portuguesa, biologia, química e física.
As obras de Abraham Palatnik, artista visual brasileiro considerado um dos precursores da arte cinética, relacionam arte, ciência e tecnologia, e ampliam, para além do desenho, os meios possíveis de produção artística. Neste caderno, Abraham Palatnik: Uma Poética Visual Cinética, os estudantes conhecem sua trajetória visual, identificam em diversas obras o distanciamento do figurativismo para a total abstração, pesquisam arte moderna e contemporânea na Enciclopédia Itaú Cultural, para ampliar o vocabulário artístico brasileiro e o uso de recursos tecnológicos nas artes visuais. Também são convidados a refletirem sobre práticas artísticas, experimentarem e perceberem que a poética de Palatnik tem relação com conceitos da física. O cronograma do Caderno conta, ainda, com a montagem de uma exposição coletiva, com base nos saberes adquiridos nas aulas.
Em Fotojornalismo: expressão, resistência e construção histórica, os professores ensinam língua portuguesa, artes visuais, história e sociologia, por meio de discussões sobre os problemas sociais da atualidade e observação e análise de registros fotográficos. São apresentados alguns profissionais que marcaram a história da fotografia jornalística, para debater o gênero como forma de expressão, resistência e registro histórico. Após a aplicação do conteúdo, os alunos produzem picture stories e constroem uma cápsula do tempo digital.
Comentários CORRIGIR TEXTO