Porto Alegre, sexta-feira, 13 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 13 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

música

- Publicada em 16h28min, 13/11/2020.

Ospa Live homenageia os 250 anos de nascimento de Beethoven

'Coriolan Overture' foi elaborada como introdução para a peça teatral do vienense Heinrich J. von Collin

'Coriolan Overture' foi elaborada como introdução para a peça teatral do vienense Heinrich J. von Collin


MAURÍCIO PAZ/OSPA/DIVULGAÇÃO
Ludwig van Beethoven (1770-1827) deixou ao mundo uma obra atemporal para a música. O compositor, que nasceu há 250 anos, revolucionou o repertório de concerto, especialmente ao consolidar o período Clássico e abrir caminho ao Romantismo, processo retratado na composição das suas nove sinfonias.
Ludwig van Beethoven (1770-1827) deixou ao mundo uma obra atemporal para a música. O compositor, que nasceu há 250 anos, revolucionou o repertório de concerto, especialmente ao consolidar o período Clássico e abrir caminho ao Romantismo, processo retratado na composição das suas nove sinfonias.
Neste sábado (14), às 17h, a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa) homenageia o músico alemão em uma apresentação especial, pela 29ª edição do Ospa Live. Sob regência do maestro Evandro Matté, os músicos sobem ao palco com Coriolan Overture, Op. 62 e Concerto para Piano Nº 3, Op. 37. O solo fica por conta do pianista André Carrara. O espetáculo é transmitido ao vivo, pelo canal da orquestra no YouTube e pela plataforma #CulturaemCasa, diretamente da Casa da Ospa.
Coriolan Overture foi elaborada como introdução para a peça teatral do vienense Heinrich J. von Collin. A obra, estreada em 1802, retrata o herói romano Coriolano, que se fragmenta emocionalmente entre o impulso patriótico, a devoção à família e o orgulho próprio numa tragédia odisseica.
Estreada em 1803, com regência do próprio Beethoven, Concerto para Piano Nº 3 tem como marca uma introdução imponente, influenciada por Mozart, que pode ser observada similarmente na Sonata Patética e na Quinta Sinfonia. A composição, como boa parte de seu gênero de concerto, reflete a discussão entre o singular (solista) e o plural (orquestra).
Projeto online da orquestra, o Ospa Live busca conciliar isolamento social com cultura durante a pandemia do novo coronavírus. Aos sábados, às 17h, músicos da orquestra e convidados realizam apresentações, em grupos reduzidos, diretamente da Sala Sinfônica, na Casa da Ospa. As exibições são transmitidas ao vivo e seguem criteriosamente todas as medidas de prevenção contra a Covid-19 adotadas pelo governo do Estado.
Comentários CORRIGIR TEXTO