Porto Alegre, terça-feira, 10 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 10 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

literatura

- Publicada em 08h09min, 10/11/2020.

Marcelo Martins Silva lança novo livro de poemas pela Diadorim

Título 'A matéria inacabada das coisas' reúne textos produzidos entre 2019 e 2020

Título 'A matéria inacabada das coisas' reúne textos produzidos entre 2019 e 2020


EDITORA DIADORIM/DIVULGAÇÃO/JC
Nesta terça-feira (10), o poeta Marcelo Martins Silva lança seu segundo livro de poemas em uma live, às 17h. A matéria inacabada das coisas (Diadorim, 68 págs., R$ 38,00) reúne textos produzidos entre 2019 e 2020, posteriores a seu título de estreia, o que carrego no ventre.
Nesta terça-feira (10), o poeta Marcelo Martins Silva lança seu segundo livro de poemas em uma live, às 17h. A matéria inacabada das coisas (Diadorim, 68 págs., R$ 38,00) reúne textos produzidos entre 2019 e 2020, posteriores a seu título de estreia, o que carrego no ventre.
A transmissão online ocorre por meio do Instagram da Livraria Baleia, de Porto Alegre, com mediação da livreira e jornalista Nanni Rios. A obra A matéria inacabada das coisas também estará em pré-venda autografada no site da Baleia. Depois disso, a venda acontece pela página da Diadorim, com envio para todo o Brasil.
De acordo com o poeta João Nunes Júnior, que assina a orelha do livro, Silva manuseia o cotidiano, as dores, as belezas e os fatos e busca desfazer as hipocrisias da verdade. “A construção lírica consistente de Marcelo Silva revela a experiência do homem-negro-no-mundo, as angústias cotidianas e existenciais, os pequenos delírios e os grandes e pequenos valores da vida, de se estar vivo apesar de, embora, em que pese”, diz Nunes Júnior.
O percurso pelos poemas demonstra, além do apuro técnico para construir uma linguagem própria, derivada de uma experiência do autor como uma pessoa capaz de assumir a sensibilidade como uma forma de compreender o mundo, uma grande paixão pela poesia, sentimento que transborda e emociona, mesmo quando expõe a carne viva dos dias.
Marcelo Martins Silva é natural de Porto Alegre. É professor de Língua Portuguesa e Literatura e participou da coletânea de poemas Cantos seletos (2015).
Comentários CORRIGIR TEXTO