Porto Alegre, sexta-feira, 06 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 06 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

artes visuais

- Publicada em 10h01min, 06/11/2020.

Festival Arte Salva tem batalha neste sábado com três finalistas e trilha da TEM

Tiago Berao, Ane Schütz e Bruna Rison pintam painéis ao vivo em plataforma multicanal

Tiago Berao, Ane Schütz e Bruna Rison pintam painéis ao vivo em plataforma multicanal


FESTIVAL ARTE SALVA/DIVULGAÇÃO/JC
A final do Festival Arte Salva será realizada neste sábado (7), às 20h, com transmissão ao vivo em plataforma multicanal. Os três artistas que tiveram votação máxima do público nos painéis pintados nas três etapas que ocorreram no mês de outubro foram Tiago Berao, Ane Schütz e Bruna Rison (autores das obras acima, em ordem da esquerda para a direita).
A final do Festival Arte Salva será realizada neste sábado (7), às 20h, com transmissão ao vivo em plataforma multicanal. Os três artistas que tiveram votação máxima do público nos painéis pintados nas três etapas que ocorreram no mês de outubro foram Tiago Berao, Ane Schütz e Bruna Rison (autores das obras acima, em ordem da esquerda para a direita).
Eles disputam a batalha final frente a uma tela em branco, com trilha musical da banda Trabalhos Espaciais Manuais - Gabriel Sacks (bateria), Mateus Albornoz (baixo), Gustavo Gaspar Almeida (percussão), Lu Mello (percussão), Diego Schütz (teclado), Tomás Piccinini (sax barítono), Pietro Duarte (sax tenor), Cleomenes Junior (sax alto), João Pedro Cé (guitarra) e Daniel Hartmann (guitarra). A partir das múltiplas influências musicais dos integrantes, as composições e arranjos da banda são realizadas de forma coletiva. O resultado é o Baile-Show que mescla os estilos: samba, funk, salsa, rock'n'roll e que são misturados com camadas de jazz. A maior inspiração do projeto é a música popular brasileira, sendo o ritmo um elemento essencial na construção da identidade sonora da banda. 
O público pode acompanhar a final online pelo site do evento. O vencedor será anunciado no dia 14 de novembro, quinto e último dia, em uma noite de celebração, sob o comando do Sassá e toda a trilha sonora desta final será assinada pelo DJ Anderson.
O artista destacado poderá espalhar sua arte num mural na cidade de Porto Alegre. Ele terá até o dia 15 de dezembro para pintar e entregar o mural-fachada da Escola localizada na região do 4º Distrito da Capital.

A arte para os três finalistas

Tiago Berao

Nascido em Porto Alegre (RS), em 1989, graduado em Design Visual pela ESPM (2013). Trabalha há mais de dez anos no segmento das artes visuais com desenhos pinturas e murais, tendo participado de mostras e ações artísticas de âmbito nacional e internacional. Premiado pelo concurso Sharpie com curadoria da revista Zupi, a maior plataforma nacional de arte e criatividade. Tem interesse por explorar e correlacionar conceitos e linguagens visuais e busca na abundância natural da terra a da coexistência humana a sua principal temática.

Por que a Arte Salva? "Acredito que a arte salva pelo poder de nos ofertar um respiro de esperança perante os acontecimentos negativos do mundo. Seja nos encantando pelos aspectos técnicos e criativos, seja nos inspirando pelo poder crítico e representativo."

Ane Schütz

Nascida em Portão (RS), 1987, Ane Schütz começou a desenhar sob influência dos animes e não parou mais. Ao longo dos anos, suas obras passaram a receber influência da cultura pop e do cartoon, criando personagens que habitam um universo paralelo fantástico. Há 12 anos, atua no mercado publicitário como designer e ilustradora. Em seu trabalho, a artista mistura materiais e cria peças ricas em detalhes, formas geométricas e elementos abstratos. Além de designer e ilustradora, é diretora de arte, desenhista, muralista, combinadora de cores, sujadora de pincéis, gastadora de marcadores, enfim, um pouco de tudo que envolva artes visuais.

Por que a Arte Salva? "A arte é o caminho para a liberdade. Fazer arte é transformar sonhos em algo tangível. Seja a música, seja o cinema, a poesia, ou o visual... toda expressão artística torna o imaginário uma realidade, bem como nos tira dessa realidade. Com a arte a gente pode crescer, florescer, dar frutos, morrer e renascer... às vezes, só pelo fato de observar uma peça. E é a arte, neste emaranhado de possibilidades e sentimentos, que nos salva, inspira e impulsiona."


Bruna Rison

Nascida em Santa Maria (RS), em 1981, é arquiteta e urbanista, pós graduada em Projetos Comerciais pela UFN e Artista Visual por vocação. Além dos murais, também trabalha desenvolvendo ilustrações e telas, misturando diferentes tipos de materiais, como o spray, marcador permanente, acrílica e outros. Seu Ateliê encontra-se na Casa Vórtice, na Vila Belga em Santa Maria - RS, onde também atua tatuando artes autorais.
Por que a Arte Salva? "Com a arte, pretendo chegar aos olhos de mais gente e em mais lugares, promover reflexão a quem vê. A arte cura e empodera e é incrível ter a possibilidade de transmitir isso através do meu trabalho. Acredito que a arte nos faz ver com olhos empáticos o que antes era indiferente."
Comentários CORRIGIR TEXTO