Porto Alegre, segunda-feira, 02 de novembro de 2020.
Dia de Finados.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 02 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

cinema

- Publicada em 14h04min, 02/11/2020.

Longa gaúcho 'Legalidade' abre mostra de filmes brasileiros em Chicago

Leonardo Machado interpretou Leonel Brizola na obra histórica dirigida por Zeca Brito

Leonardo Machado interpretou Leonel Brizola na obra histórica dirigida por Zeca Brito


JOBA MIGLIORIN/DIVULGAÇÃO/JC
O longa gaúcho Legalidade, dirigido por Zeca Brito, será o primeiro filme a ser exibido na 11ª edição da Mostra Brazilian Film Series que acontece na quarta-feira (4), em Chicago. No Brasil, o filme está disponível em diversas plataformas de streaming, entre elas iTunes, Google Play e Telecine Play.
O longa gaúcho Legalidade, dirigido por Zeca Brito, será o primeiro filme a ser exibido na 11ª edição da Mostra Brazilian Film Series que acontece na quarta-feira (4), em Chicago. No Brasil, o filme está disponível em diversas plataformas de streaming, entre elas iTunes, Google Play e Telecine Play.
Sucesso de público no Brasil, Legalidade foi exibido no 47º Festival de Gramado e recebeu diversos prêmios no 42º Festival Guarnicê de Cinema e 14º Encontro Nacional de Cinema dos Sertões, incluindo melhor direção em ambos. A produção é da Prana Filmes, com distribuição da Boulevard Filmes. No elenco, estão Cleo Pires, Fernando Alves Pinto, Letícia Sabatella, Leonardo Machado (1976-2018), Sapiran Brito e Juliana Wolkmer. 
O longa será exibido no mesmo período em que acontecem as eleições presidenciais norte-americanas, marcando o peso do voto popular e da importância da democracia. A diretora e fundadora do festival Ariani Friedl ressalta as razões pela escolha do filme: "Legalidade apresenta aspectos importantes de nossa história e política, além de ser um filme extremamente bem feito". Ela destaca que a curadoria valoriza filmes com temas como consciência social e cultura, além de promover jovens cineastas.
Comentários CORRIGIR TEXTO