Porto Alegre, quarta-feira, 14 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 14 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

exposição

- Publicada em 21h17min, 14/10/2020.

Armando Gonzalez abre mostra na Bublitz Galeria de Arte

Obra 'Musa dos signos' integra seleção 'Gaúchos e símbolos' que inaugura neste sábado (17)

Obra 'Musa dos signos' integra seleção 'Gaúchos e símbolos' que inaugura neste sábado (17)


GALERIA BUBLITZ/DIVULGAÇÃO/JC
A Bublitz Galeria de Arte (Av. Neusa Goulart Brizola, 143) ganhou nova forma este ano e se transformou na primeira galeria virtual de arte do País. Também o arquiteto, pintor e desenhista Armando Gonzalez, de 79 anos (sendo 62 dedicados à arte), descobriu uma nova expressão em sua obra no período.
A Bublitz Galeria de Arte (Av. Neusa Goulart Brizola, 143) ganhou nova forma este ano e se transformou na primeira galeria virtual de arte do País. Também o arquiteto, pintor e desenhista Armando Gonzalez, de 79 anos (sendo 62 dedicados à arte), descobriu uma nova expressão em sua obra no período.
Neste sábado (17), essas duas reinvenções se encontram na exposição Gaúchos e símbolos, que poderá ser conferida até 17 de novembro via link da galeria virtual e, presencialmente, no espaço localizado no bairro Rio Branco, em Porto Alegre, de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h, e aos sábados, das 10h às 13h.
A mostra do uruguaio radicado na capital gaúcha apresenta 48 obras, a maioria produzida durante pandemia, além de criações clássicas do artista que expressam o homem do campo, o cavalo, as paisagens do Pampa. Em seus novos trabalhos, Gonzalez debruçou-se sobre os signos e signos com valores pictográficos, surgidos na Mesopotâmia em 3.200 a.C. “Essa escritura pictográfica baseada em desenhos de diferentes objetos e figuras, foi criando um sistema de signos estilizados denominados cuneiformes”, explica o artista.
“Não obstante, minha pintura caminha agora por dois caminhos de forma simultânea, aquele que percorre uma jornada às nossas raízes mais profundas, e aquele de uma construção rigorosa, que incorpora um universo de símbolos e signos, antigos e contemporâneos, em permanente diálogo”, revela. A exposição também apresenta quatro obras digitais criadas a partir dos trabalhos do pintor.
Residindo em Porto Alegre desde 1972, Gonzalez já expôs em diversos museus e galerias de arte do Brasil, da Argentina e do Uruguai. Seu trabalho é conhecido por pinturas e desenhos que trazem fortes elementos da natureza, garimpados no campo, que revelam suas raízes no Uruguai e no Sul do Brasil. O Pampa, as marcas da fronteira e o gaúcho são retratados em suas criações, que agora ganham a companhia das imagens pictóricas desenvolvidas ao longo de 2020, lançadas nesta mostra, revelando sua imersão simbólica durante a pandemia. Em 2018, Gonzalez celebrou 60 anos de pintura com exposição individual na Bublitz Galeria de Arte, com a apresentação 20 obras do artista em acrílica sobre tela.
A exposição Gaúchos e símbolos é a terceira da Bublitz Galeria Virtual de Arte, inaugurada em julho, com obras do artista gaúcho Marcelo Hübner. O espaço também já recebeu as obras do mestre do abstracionismo oriental Kenji Fukuda. A galeria á a primeira do País a permitir uma experiência online imersiva, em que é possível passear pelos ambientes da exposição e ver detalhes e as informações de cada obra. Entre as próximas exposições confirmadas para o espaço virtual e presencial estão as dos artistas consagrados Vitorio Gheno e Inos Corradin.
Comentários CORRIGIR TEXTO