Porto Alegre, domingo, 11 de outubro de 2020.
Dia Internacional do Combate à Obesidade.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 11 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

televisão

- Publicada em 13h50min, 11/10/2020.

Luiz Henrique Mandetta é o entrevistado do Roda Viva desta segunda-feira

Médico foi demitido do Ministério da Saúde por divergências com presidente sobre pandemia

Médico foi demitido do Ministério da Saúde por divergências com presidente sobre pandemia


MARCELLO CASAL JR/AGÊNCIA BRASIL/JC
O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta é o entrevistado do Roda Viva desta segunda-feira (12). Às 22h, o médico participará da sabatina comandada por Vera Magalhães para falar sobre os bastidores da luta contra o novo coronavírus, divergências com o presidente e outros assuntos relacionados à sua gestão. O programa vai ao ar pela TV Cultura, site da emissora, Rádios Cultura FM e Brasil, Twitter, Facebook, YouTube e LinkedIn.
O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta é o entrevistado do Roda Viva desta segunda-feira (12). Às 22h, o médico participará da sabatina comandada por Vera Magalhães para falar sobre os bastidores da luta contra o novo coronavírus, divergências com o presidente e outros assuntos relacionados à sua gestão. O programa vai ao ar pela TV Cultura, site da emissora, Rádios Cultura FM e Brasil, Twitter, Facebook, YouTube e LinkedIn.
Ao lado de Vera, entrevistam Mandetta Natalia Pasternak, microbiologista e presidente do Instituto Questão de Ciência; Atila Iamarino, doutor em microbiologia e divulgador científico; Claudia Collucci, jornalista de saúde do jornal Folha de S. Paulo; Eduardo Carvalho, jornalista e Luiz Megale, âncora da rádio BandNews FM. Há ainda a participação do cartunista Paulo Caruso.
Luiz Henrique Mandetta foi ministro da Saúde entre janeiro de 2019 e abril de 2020, quando foi demitido. Há quem atribua seu afastamento também à popularidade que vinha desfrutando, o que teria despertado ciúmes no presidente e entre seus filhos. O ex-ministro acaba de lançar o livro Um paciente chamado Brasil, em que narra, entre outras coisas, as disputas travadas com Jair Bolsonaro. Mandetta defendia um isolamento social rigoroso, contrariando o presidente que, desde o início, insistia em tratar a pandemia como um mal passageiro.
Comentários CORRIGIR TEXTO