Porto Alegre, terça-feira, 29 de setembro de 2020.
Dia do Anunciante. Dia do Policial.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 29 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

audiovisual

- Publicada em 08h05min, 29/09/2020.

Último episódio de 'Amor e sorte' vai ao ar nesta terça-feira na Globo

Episódio 'A beleza salvará o mundo' é protagonizado por Caio Blat e a esposa Luisa Arraes

Episódio 'A beleza salvará o mundo' é protagonizado por Caio Blat e a esposa Luisa Arraes


JOÃO MIGUEL JR./TV GLOBO/DIVULGAÇÃO/JC
A Globo exibe nesta terça-feira (29), às 22h45min, o quarto e último capítulo da série Amor e sorte, filmada com pares globais (casais ou mãe e filha) durante a pandemia. Com direção artística de Patricia Pedrosa, o capítulo A beleza salvará o mundo foi escrito por Caio Blat, Luisa Arraes e Jorge Furtado, protagonizado e dirigido também pelo casal.
A Globo exibe nesta terça-feira (29), às 22h45min, o quarto e último capítulo da série Amor e sorte, filmada com pares globais (casais ou mãe e filha) durante a pandemia. Com direção artística de Patricia Pedrosa, o capítulo A beleza salvará o mundo foi escrito por Caio Blat, Luisa Arraes e Jorge Furtado, protagonizado e dirigido também pelo casal.
Segundo Blat, a série fala sobre a importância de seguir vivendo sonhos e esperanças nesse período. “A gente achava que era muito importante as pessoas que estão em casa poderem assistir pessoas que estão na mesma realidade que elas. Para saberem que não estão sozinhas nessa situação”.
Caio e Luisa dão vida a Manoel e Teresa. Ele, um engenheiro químico que sonha em ser diretor de cinema e ela, uma atriz em plena ascensão, que precisa parar seus projetos por causa da pandemia. Manoel quer fazer um filme cuja atriz principal é Teresa. Teresa só quer que tudo volte ao normal para que possa continuar trabalhando, mas enquanto isso, embarca nas ideias de Manoel.
A proposta da produção era que poucos objetos de cena fossem enviados para a casa da dupla. Luisa conta que a paixão pelo cinema amador, feito de todas as maneiras, a motivou na produção. “Chegou um monte de coisa na minha casa da direção de arte, várias plantas e cartazes, mudou a casa inteira. A gente acabou o trabalho pedindo estágio em várias áreas (risos). Eu acho que o Caio amou a direção de arte. Eu adorei esse negócio de achar o foco. Era uma verdadeira aula da equipe pra gente.”
Comentários CORRIGIR TEXTO