Porto Alegre, quarta-feira, 23 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

literatura

- Publicada em 15h12min, 22/09/2020.

Fátima Torri lança a revista digital 'Fala Feminina'

Fundadora da Fatto Comunicação coloca no ar projeto antigo para visibilidade das mulheres

Fundadora da Fatto Comunicação coloca no ar projeto antigo para visibilidade das mulheres


FATTO COMUNICAÇÃO/DIVULGAÇÃO/JC
A jornalista Fátima Torri lança nesta terça-feira (22) um novo projeto: a revista digital Fala Feminina, que abre espaço para o debate acerca dos assuntos e complexidades do mundo das mulheres em suas publicações. “Fui criada por uma geração de mulheres de cabeça baixa para lavar, para limpar o chão, para cozinhar. E de homens que ocupavam tanto espaço físico ao sentar quanto espaço de fala. Isso sempre me intrigou”, enfatiza Fátima.
A jornalista Fátima Torri lança nesta terça-feira (22) um novo projeto: a revista digital Fala Feminina, que abre espaço para o debate acerca dos assuntos e complexidades do mundo das mulheres em suas publicações. “Fui criada por uma geração de mulheres de cabeça baixa para lavar, para limpar o chão, para cozinhar. E de homens que ocupavam tanto espaço físico ao sentar quanto espaço de fala. Isso sempre me intrigou”, enfatiza Fátima.
A publicação estreia com um olhar sobre o tempo que corre no jardim de Lya Luft. A escritora, que desfruta da serenidade de seus 81 anos e quase um milhão de livros vendidos, fala na entrevista sobre seu envelhecer muito bem resolvido. Também são destaque o corpo e alma coloridos de Esther Grossi, que com 84 anos usufrui de rigor físico e intelectual, além de um relato da inconfundível comunicadora Tânia Carvalho que, aos 77, vê a velhice como libertação.
Lançada em 2009, a marca Fala Feminina ganhou um espaço dedicado no blog da empresa de Fátima. Ao longo dos anos, a jornalista conversou com clientes, amigas e mulheres inspiradoras para dar corpo ao projeto. Agora, todo conteúdo produzido até então foi transferido para o site www.falafeminina.com.br, em um repositório, junto ao conteúdo inédito, que será atualizado mensalmente.
Para a produção da primeira edição da revista, além da própria Fátima, contribuíram as jornalistas Patrícia Lima, Lu Tomé, Bruna Porciúncula e o jornalista Clóvis Malta. Colaboraram também Lívia Pinent, Cássia Zanon, Tamy Yasue e Três Comunicação.
Comentários CORRIGIR TEXTO