Porto Alegre, quarta-feira, 23 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

audiovisual

- Publicada em 09h01min, 29/08/2020. Atualizada em 17h08min, 30/08/2020.

Com narrativa cinematográfica, game gaúcho terá distribuição mundial

Lançamento de 'Esquadrão 51' deve ocorrer em 2021, para Nintendo Switch, PC, Playstation 4 e Xbox One

Lançamento de 'Esquadrão 51' deve ocorrer em 2021, para Nintendo Switch, PC, Playstation 4 e Xbox One


GIORDANO TOLDO
Game brasileiro produzido pela Loomiarts, em parceria com Fehorama Filmes, Esquadrão 51 teve seus direitos de distribuição adquiridos pela empresa chinesa WhisperGames (de Conan Unconquered). A união foi apresentada na Gamescom, maior evento de games do mundo realizado no final de agosto. Na oportunidade, foi lançado um vídeo inédito com os bastidores do game que mistura shoot 'em up (jogo de naves) e filmes de ficção científica dos anos 1950, em preto e branco. A previsão de lançamento é para 2021, nas plataformas Nintendo Switch, PC, Playstation 4 e Xbox One.
Game brasileiro produzido pela Loomiarts, em parceria com Fehorama Filmes, Esquadrão 51 teve seus direitos de distribuição adquiridos pela empresa chinesa WhisperGames (de Conan Unconquered). A união foi apresentada na Gamescom, maior evento de games do mundo realizado no final de agosto. Na oportunidade, foi lançado um vídeo inédito com os bastidores do game que mistura shoot 'em up (jogo de naves) e filmes de ficção científica dos anos 1950, em preto e branco. A previsão de lançamento é para 2021, nas plataformas Nintendo Switch, PC, Playstation 4 e Xbox One.
Na trama, alienígenas chegam à Terra com a promessa de um futuro melhor, porém o planeta acaba dominado pela Corporação Vega, liderada pelo terrível diretor Zarog. Surge então o Esquadrão 51 - liderado pela tenente Kaya - e suas aeronaves para combater os discos voadores.
A criação do game e roteiro é de Márcio Rosa, com produção executiva de Matheus Piccoli e Giordano Gio, e direção das cenas de atores de Felipe Iesbick. No elenco, estão Kaya Rodrigues, João França (1960-2020), Oscar Simch, Cristian Verardi e outros.
Segundo o criador do jogo, o programador gaúcho Márcio Rosa, a ideia evoluiu de um projeto de fim de semana até se tornar uma sofisticada produção que une videogame e cenas reais. “Eu pensei em fazer cutscenes filmadas - as cenas narrativas entre as fases - por causa da minha proximidade com o pessoal do cinema”, relembra Rosa. Ao todo, os jogadores terão que vencer onze estágios para terminar o jogo. “É um game desafiador, mas que também pode pode ser atrativo aos jogadores mais interessados na estética e narrativa”, promete.
“Estamos muito felizes em ser a publisher (distribuidora) global de Esquadrão 51 e trabalhamos bem próximo aos desenvolvedores para apresentar um game incrível para jogadores de todo o mundo”, diz Xuan Jiang, CEO da WhisperGames. A companhia tem sede em Xiamen, China, e tem em seu catálogo títulos como Conan Unconquered e Disco Elysium. “É um game muito especial com sua combinação singular de narrativa cinematográfica e shoot 'em up, que amamos de coração. Sinceramente, esperamos que os jogadores adorem o jogo tanto quanto nós”, conclui.
Para o realizador Giordano Gio, são altas as expectativas com a presença da WhisperGames na distribuição: “É um outro momento para o projeto, e estamos ansiosos para apresentar a Tenente Kaya e o resto do esquadrão para o mundo todo”. O outro produtor, Matheus Piccoli, vê a união entre games e cinema como um dos diferenciais do projeto: “É um dos fatores que torna este game algo muito singular no mercado latino-americano, para além de ser um dos únicos títulos brasileiro com cinemáticas em live action”.
Comentários CORRIGIR TEXTO