Porto Alegre, domingo, 14 de junho de 2020.
Dia Mundial do Doador de Sangue.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 14 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Música

Alterada em 14/06 às 21h03min

Pandemia inspira 'Isolados', novo single de Madblush

Clipe tem muita cor, crítica e um visual característico do artista, transitando entre gêneros

Clipe tem muita cor, crítica e um visual característico do artista, transitando entre gêneros


madblush/divulgação/jc
Já está disponível nas plataformas digitais o novo single do cantor e compositor gaúcho Madblush. Isolados tem como inspiração a pandemia do novo coronavírus.
Já está disponível nas plataformas digitais o novo single do cantor e compositor gaúcho Madblush. Isolados tem como inspiração a pandemia do novo coronavírus.
O isolamento social não se reflete apenas na música, mas também no processo de criação do clipe, com produção, edição, maquiagem e figurino do próprio artista, que fez tudo sem sair de casa. Com imagens captadas por Diego Nardi somente com um smartphone, o vídeo utiliza uma colagem de fundos e texturas oriundas da internet, colocando Madblush em vários ambientes usando chroma key.
Na tela, muita cor, crítica e um visual camaleônico bem característico do artista, transitando entre o masculino e feminino pra ilustrar a música de uma maneira direta: Dinheiro? Presidente? Vírus? Arte? Música? Liberdade? Isso tudo está no clipe que chama o público a dançar e pensar sobre a atual crise sanitária.
 "Isolados é um protesto, uma crítica pop-trap pra dançar e dizer coisas que precisam ser ditas. Acredito muito e tenho feito isso no meu trabalho com a música. Posso ser pop e, ao mesmo tempo, compreendido falando coisas relevantes e saindo do lugar comum. Utilizando a minha música pra realmente tentar mudar as coisas, mostrar os meus pensamentos e opiniões. De uma maneira muito divertida e pra cima, por que não?, questiona o cantor.
Comentários