Porto Alegre, sexta-feira, 12 de junho de 2020.
Dia dos Namorados.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 12 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

acontece

Alterada em 12/06 às 00h25min

Ecarta abre mostra sobre força da ancestralidade afro e transmite show musical

Ativista do movimento negro, Paulo Corrêa estreia na Galeria Ecarta com exposição 'Terragrita'

Ativista do movimento negro, Paulo Corrêa estreia na Galeria Ecarta com exposição 'Terragrita'


IGOR SPEROTTO/DIVULGAÇÃO/JC
A Fundação Ecarta (João Pessoa, 943) tem duas atrações muito especiais para este fim de semana. Na sexta-feira (12), a Galeria Ecarta inaugura a exposição Terragrita, do artista pelotense e ativista do movimento negro Paulo Corrêa.
A Fundação Ecarta (João Pessoa, 943) tem duas atrações muito especiais para este fim de semana. Na sexta-feira (12), a Galeria Ecarta inaugura a exposição Terragrita, do artista pelotense e ativista do movimento negro Paulo Corrêa.
A mostra reúne obras em pintura, fotografia, instalação e vídeo que simbolizam histórias de sobrevivência e evocam a força e a resistência da ancestralidade afro-brasileira. A curadoria é de André Venzon e Sabrina Stephanou.
O artista tem 25 anos de trajetória em projetos que dão visibilidade à comunidade negra e em seus trabalhos, a arte pode ser percebida como um fazer humano ligada às manifestações culturais que são representadas de diversas formas. Entre as possibilidades de reflexão está a capacidade de desenvolver um olhar para as mudanças de comportamento emergentes na sociedade, impulsionado pelos processos de percepção, sensibilidade, cognição, expressão e criação.
De acordo com Corrêa, que vem sendo homenageado por diversas instituições públicas pela contribuição à cultura negra e é titular no Colegiado de Culturas Populares pelo Conselho Nacional de Política Cultural, sua obra surge da necessidade de observar o meio que cerca as pessoas para expor a urgência de igualdade social, respeito e justiça pela experiência libertadora que compartilha pensamentos e ideais.
A mostra gratuita pode ser visitada até 12 de julho (de terça-feira a domingo, das 10h às 18h), respeitando os protocolos de segurança das autoridades.

Violonista Angelo Primon é a atração do Ecarta Musical on-line deste sábado
Violonista Angelo Primon é a atração do Ecarta Musical on-line deste sábado
CRISTINA ROSA/DIVULGAÇÃO/JC
Já no sábado, o projeto Ecarta Musical apresenta o show on-line Sala de estar, do violonista, compositor e produtor Angelo Primon. A transmissão acontece via YouTube, Facebook e Instragram da Ecarta, às 18h.
O músico, que soma 31 anos de carreira com atuação variada, abre sua “sala de estar” convidando as pessoas a experimentarem um pouco das inquietudes sonoras aprofundadas pelo estado reflexivo da quarentena, de maneira crua, sem a produção dos palcos. “É uma espécie de imersão sem filtros no som, nas ideias e nos sentimentos que a solitude do isolamento social pode inferir”, conta.

Além das músicas autorais do álbum premiado Mosaico, Primon mostra novas composições e investigações, por meio de improvisos livres no qual provoca o inusitado e chama para uma cumplicidade sonora.
Comentários