Porto Alegre, quarta-feira, 13 de maio de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 13 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Cinema

Alterada em 12/05 às 19h35min

Ciclo de filmes Cine África estreia neste sábado

'Mossane', de Safi Faye, abre série de encontros virtuais para conversar sobre produções africanas

'Mossane', de Safi Faye, abre série de encontros virtuais para conversar sobre produções africanas


LES ATELIERS DE I'ARCHE/DIVULGAÇÃO/JC
Até o final de julho, a Mostra de Cinemas Africanos promove o Cine África | Em casa, uma série de encontros virtuais para conversar sobre filmes africanos com convidados de todo o Brasil. Adaptando-se ao formato digital, o projeto apresenta nove sessões em torno de obras de Senegal, Angola, Nigéria, África do Sul, Mali e Mauritânia.
Até o final de julho, a Mostra de Cinemas Africanos promove o Cine África | Em casa, uma série de encontros virtuais para conversar sobre filmes africanos com convidados de todo o Brasil. Adaptando-se ao formato digital, o projeto apresenta nove sessões em torno de obras de Senegal, Angola, Nigéria, África do Sul, Mali e Mauritânia.
Para participar dos encontros gratuitos, os interessados devem se inscrever em mostradecinemasafricanos.com e aguardar instruções para assistir o filme de cada semana. As sessões acontecem sempre aos sábados (os três últimos de cada mês), às 16h. O ciclo pode se estender, caso o isolamento social provocado pela Covid-19 permaneça. A programação foi montada com base em títulos disponíveis em plataformas de streaming, como YouTube e Netflix, todos legendados em português. Neste sábado, 16 de maio, acontece o primeiro encontro, para conversar sobre Mossane, obra de 1996 da senegalesa Safi Faye, mulher pioneira na realização de longas-metragens no continente africano. A convidada para conduzir o bate-papo com o público é a pesquisadora baiana Evelyn Sacramento, especialista na obra de Safi.
Comentários