Porto Alegre, segunda-feira, 09 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Cinema

Notícia da edição impressa de 09/03/2020. Alterada em 09/03 às 03h00min

Cineclube Torres apresenta programação com filmes ibero-americanos

Longa argentino 'A noiva do deserto' terá exibição gratuita nesta terça-feira

Longa argentino 'A noiva do deserto' terá exibição gratuita nesta terça-feira


CINECLUBE TORRES/DIVULGAÇÃO/JC
Enquanto aguarda a reabertura do Auditório José Antônio Picoral, que passa por reparos, o Cineclube Torres, tradicional iniciativa cultural do Litoral gaúcho, traz sua primeira sessão do ano no Möva - Espaço Integrado (Silva Jardim, 1.313, Torres) nesta terça-feira (10), a partir das 20h30min. Dentro da oitava edição do ciclo Filmes de expressão ibero-americana, será exibido o longa argentino A noiva do deserto, de Cecilia Atán e Valeria Pivato - uma fábula moderna em torno de Teresa, uma empregada doméstica viajando em busca de trabalho digno e liberdade. A sessão tem entrada franca.
Enquanto aguarda a reabertura do Auditório José Antônio Picoral, que passa por reparos, o Cineclube Torres, tradicional iniciativa cultural do Litoral gaúcho, traz sua primeira sessão do ano no Möva - Espaço Integrado (Silva Jardim, 1.313, Torres) nesta terça-feira (10), a partir das 20h30min. Dentro da oitava edição do ciclo Filmes de expressão ibero-americana, será exibido o longa argentino A noiva do deserto, de Cecilia Atán e Valeria Pivato - uma fábula moderna em torno de Teresa, uma empregada doméstica viajando em busca de trabalho digno e liberdade. A sessão tem entrada franca.
Completam o ciclo mensal o filme nacional Mutum, de Sandra Kogut (17 de março); Pelo malo, da venezuelana Mariana Rondón (23); e O abraço da serpente, do colombiano Ciro Guerra (31) - o último, um filme sobre a cultura indígena amazônica selecionado e premiado em festivais internacionais. Todos os eventos são gratuitos, com início às 20h30min.