Porto Alegre, sexta-feira, 06 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Música

Notícia da edição impressa de 06/03/2020. Alterada em 05/03 às 19h09min

Elza Soares volta à Capital com turnê do disco 'Planeta Fome'

Cantora se apresenta neste domingo no Auditório Araújo Vianna

Cantora se apresenta neste domingo no Auditório Araújo Vianna


MARCOS HERMES/DIVULGAÇÃO/JC
Vivendo o auge de suas quase sete décadas de carreira, Elza Soares vem recebendo o reconhecimento da crítica e um recepção sempre apaixonada do público nos shows. Neste domingo (8), os porto-alegrenses terão um novo reencontro com a voz e a mensagem da cantora, em show que começa às 21h, no Auditório Araújo Vianna (Osvaldo Aranha, 685). Ingressos, em segundo lote, têm valores a partir de R$ 60,00, e podem ser adquiridos no site Sympla e nas lojas Verse e Planeta Surf.
Vivendo o auge de suas quase sete décadas de carreira, Elza Soares vem recebendo o reconhecimento da crítica e um recepção sempre apaixonada do público nos shows. Neste domingo (8), os porto-alegrenses terão um novo reencontro com a voz e a mensagem da cantora, em show que começa às 21h, no Auditório Araújo Vianna (Osvaldo Aranha, 685). Ingressos, em segundo lote, têm valores a partir de R$ 60,00, e podem ser adquiridos no site Sympla e nas lojas Verse e Planeta Surf.
A apresentação promove o mais recente disco de Elza, Planeta Fome (2019), recheado de temas políticos e exaltando o empoderamento feminino e a força do movimento negro. Canções como Libertação, País do sonho e Lírio rosa estarão ao lado de releituras de artistas como Gonzaguinha e Titãs, além de canções da trajetória da artista, incluindo o aclamado A mulher do fim do mundo, vencedor do Grammy Latino em 2016.