Porto Alegre, quarta-feira, 04 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

música

Notícia da edição impressa de 04/03/2020. Alterada em 03/03 às 20h38min

Sarau sobre cultura africana e tributo a Elis Regina agitam Semana da Mulher do 512

Camila Lopez e O Arrastão se apresentam na quinta-feira

Camila Lopez e O Arrastão se apresentam na quinta-feira


EDITORA PATUÁ/DIVULGAÇÃO/JC
Seguem nesta quarta (4) e quinta-feira (5) as apresentações da Semana da Mulher no Espaço Cultural 512 (João Alfredo, 512). O evento desta quarta é o Sarau Nimba e Cravo & Rosa, às 21h, com entrada gratuita.
Seguem nesta quarta (4) e quinta-feira (5) as apresentações da Semana da Mulher no Espaço Cultural 512 (João Alfredo, 512). O evento desta quarta é o Sarau Nimba e Cravo & Rosa, às 21h, com entrada gratuita.
O Coletivo Nimba é formado por mulheres da diáspora africana com o objetivo de celebrar a cultura afrocentrada, questionar paradigmas e colocar sua perspectiva de mundo em evidência, frente à segregação, ao silenciamento e à subalternidade impostos em quatro séculos de escravidão. O sarau A Única Negra, que dá voz ao feminino celebrando a diversidade, tem como tema a cultura do assédio: Não é não.
O Cravo & Rosa traz releituras de clássicos da música popular brasileira, fazendo uma viagem por estilos e épocas. O grupo trabalha toda a diversidade de seu repertório, proporcionando momentos emocionantes e participativos.
Na quinta-feira, a atração é o Tributo Elis Regina com Camila Lopez e O Arrastão. O show começa às 22h e tem ingressos antecipados a R$ 20,00 antecipado pelo Sympla. Na hora, as entradas serão vendidas a R$ 25,00, sujeitas à disponibilidade do local.
O espetáculo apresenta, além dos grandes sucessos interpretados pela Pimentinha, canções que trazem à tona este forte sentimento pelo Brasil, em virtude do momento social e político bastante turbulento pelo qual o País vem passando atualmente. No repertório, clássicos como O bêbado e a equilibrista, Madalena, Como nossos pais e Maria Maria, além de obras mais lado B interpretadas pela artista. Upa, Neguinho!, Caxangá e Amor até o fim estão entre as canções que serão executadas nesta noite. A casa abre às 19h nos dois dias.