Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 31 de janeiro de 2020.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Cinema

Edição impressa de 31/01/2020. Alterada em 31/01 às 03h00min

Cinemateca Capitólio tem sessão comentada de 'Parasita'

Elogiado longa sul-coreano foi indicado para seis categorias no Oscar 2020

Elogiado longa sul-coreano foi indicado para seis categorias no Oscar 2020


/PANDORA FILMES/DIVULGAÇÃO/JC
No domingo (2), às 18h, a Cinemateca Capitólio (Demétrio Ribeiro, 1.085) apresenta, em parceria com a Accirs (Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul), uma sessão comentada de Parasita, aclamado filme do sul-coreano Bong Joon-ho e que foi indicado para seis categorias do Oscar 2020. A sessão será comentada pelos críticos Carla Oliveira e Giordano Gio e pelo programador da Cinemateca, Leonardo Bomfim.Os ingressos, no valor de R$ 16,00, serão vendidos a partir desta sexta-feira.
No domingo (2), às 18h, a Cinemateca Capitólio (Demétrio Ribeiro, 1.085) apresenta, em parceria com a Accirs (Associação de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul), uma sessão comentada de Parasita, aclamado filme do sul-coreano Bong Joon-ho e que foi indicado para seis categorias do Oscar 2020. A sessão será comentada pelos críticos Carla Oliveira e Giordano Gio e pelo programador da Cinemateca, Leonardo Bomfim.Os ingressos, no valor de R$ 16,00, serão vendidos a partir desta sexta-feira.
O longa acompanha duas famílias, uma delas rica e outra pobre, que passam a se relacionar de forma profissional, mas com ambas usando a outra para exercer seus interesses, enquanto o diretor elabora uma crítica social sobre polarização e a desigualdade da sociedade da Coreia do Sul. Parasita foi eleito pela associação como o melhor longa-metragem internacional de 2019 na enquete anual.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia