Porto Alegre, sábado, 26 de setembro de 2020.
Dia Nacional dos Surdos.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 26 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

TEATRO

- Publicada em 03h00min, 27/01/2020.

Grupo Máscara EnCena comemora cinco anos explorando fantástico universo

Atração do Porto Verão Alegre, espetáculo 'Imobilhados' é uma das elogiadas produções do coletivo porto-alegrense

Atração do Porto Verão Alegre, espetáculo 'Imobilhados' é uma das elogiadas produções do coletivo porto-alegrense


CLÁUDIO ETGES/DIVULGAÇÃO/JC
Com o objetivo de investigar a potencialidade artística da máscara, Camila Vergara, Alexandre Borin, Fábio Cuelli e Mariana Rosa criaram em Porto Alegre 2015 o grupo Máscara EnCena. Neste momento, comemorando seus cinco anos, o coletivo tem trajetória de prêmios, estreia no Canadá, promove oficinas, participa do Porto Verão Alegre com dois espetáculos e traz o diretor de teatro alemão Hajo Schüler para residência artística no Estado. O cofundador do Cia Famillie Flöz - uma das companhias teatrais de maior destaque na Europa - comanda a quinta edição do Territórios da Máscara ao longo de oito dias. 
Com o objetivo de investigar a potencialidade artística da máscara, Camila Vergara, Alexandre Borin, Fábio Cuelli e Mariana Rosa criaram em Porto Alegre 2015 o grupo Máscara EnCena. Neste momento, comemorando seus cinco anos, o coletivo tem trajetória de prêmios, estreia no Canadá, promove oficinas, participa do Porto Verão Alegre com dois espetáculos e traz o diretor de teatro alemão Hajo Schüler para residência artística no Estado. O cofundador do Cia Famillie Flöz - uma das companhias teatrais de maior destaque na Europa - comanda a quinta edição do Territórios da Máscara ao longo de oito dias. 
Quando partiram para a Europa, em 2014, a fim de estudar diferentes estilos de máscara teatral, os integrantes do Máscara EnCena não imaginavam que apenas alguns anos depois estariam trazendo a Porto Alegre Hajo Schüler, que lhes serviu de inspiração. O grupo se especializou em máscaras expressivas inteiras, linguagem teatral que dispensa a fala.
Neste mês, eles apresentam, no festival Porto Verão Alegre, seus dois espetáculos: Imobilhados e 2068. E, em fevereiro, ocorre mais uma edição do programa de residência de criação artística Territórios da Máscara. Além dos integrantes do Máscara EnCena, compõem o grupo que fará parte da vivência mais 14 pessoas - entre atores, professores de teatro e pesquisadores do assunto -, oriundas de São Paulo, Tocantins, Distrito Federal, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul.
"Vejo esses cinco anos como uma fase de muitas descobertas, desafios e realizações, que transitam entre vida profissional e afetiva. Fazer teatro com o Máscara EnCena representa um potente encontro entre artistas e amigos inspirados a cultivar a curiosidade pelo fantástico universo da máscara", afirma Camila Vergara.
Nesses cinco anos, o grupo acumula turnês bem-sucedidas de Imobilhados pelo interior do Estado e de São Paulo, além de ter estreado a peça internacionalmente no Festival Masq'Alors, no Canadá, em 2019. Entre os prêmios recebidos pelo espetáculo estão o Açorianos 2017 nas categorias Melhor Direção - para Liane Venturella -, Produção e Cenografia; o Braskem 2017, categoria Direção; e o Cenym de Teatro Nacional 2018, para Execução de Som e Cenografia. Já 2068, que estreou em 2019, foi indicada para o Açorianos deste ano em seis categorias (Espetáculo, Figurino, Iluminação, Trilha Sonora, Produção e Elenco).
Fundamental para o trabalho de pesquisa e raiz dos dois espetáculos do grupo, o Territórios da Máscara promove uma imersão artística e pedagógica em diferentes linhas de atuação com a máscara. Realizado ao longo de oito dias no município de Morro Reuter, o Territórios sempre foi comandado por grandes nomes do teatro, como o italiano Adriano Iurissevich (especialista em Commedia Dell'Arte); Tiche Viana (diretora do Barracão Teatro, de Campinas) e as gaúchas Daniela Carmona e Liane Venturella.
Para a edição de 2020, o Máscara EnCena traz o alemão Hajo Schüler. Na Cia Familie Flöz, ele é diretor artístico, ator, escritor, criador de máscaras e diretor de peças aclamadas internacionalmente. "Foi através do trabalho de Schüler que tivemos o primeiro contato com as máscaras inteiras expressivas de feições humanas, e que passaram a ser o principal objeto de pesquisa do grupo. Com o aprofundamento da técnica, buscamos o desenvolvimento de uma linguagem autoral e a criação de uma identidade artística. Por essa razão, a vinda do artista para esta edição do Territórios é tão significativa", afirma Camila.
Entre janeiro e fevereiro, o grupo também promove duas edições da Oficina Corpo-Máscara, que desenvolverão os processos de criação de máscaras expressivas e os princípios técnicos e expressivos do corpo e a partir do uso da máscara. Os eventos acontecem em Porto Alegre, e as inscrições podem ser feitas pelo site www.mascaraencena.com.br.
Como parte da programação do Porto Verão Alegre, o grupo encena, de amanhã a quinta-feira, Imobilhados, na Sala Álvaro Moreyra (Érico Veríssimo, 307), às 20h. A peça conta os dilemas, a intimidade e os desafios de convivência entre moradores de um prédio de apartamentos. A produção convida o espectador a testemunhar fragmentos da vida dos moradores, e os atores revelam em cena as particularidades de nove personagens, expondo seus segredos, anseios e fragilidades. Informações sobre ingressos em portoveraoalegre.com.br.
Comentários CORRIGIR TEXTO