Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 13 de janeiro de 2020.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

música

Edição impressa de 13/01/2020. Alterada em 13/01 às 03h00min

Kleiton & Kledir e Nenhum de Nós retornam com shows no Theatro São Pedro

Apresentação da dupla com a banda já foi sucesso de público no fim de novembro no local

Apresentação da dupla com a banda já foi sucesso de público no fim de novembro no local


CRISTINE ROCHOL/DIVULGAÇÃO/JC
As sessões do show coletivo Kleiton & Kledir + Nenhum de Nós desta segunda (13) e terça-feira (14) já estão com ingressos esgotados, mas aqueles que conseguiram garantir presença no Theatro São Pedro (Praça Mal. Deodoro, s/nº) podem conferir ambos os grupos o tempo inteiro no palco, alternando os sucessos de cada um. Entre as músicas apresentadas estão Amanhã ou depois, Deu pra ti, Fonte da saudade, Nem pensar, entre outras.
As sessões do show coletivo Kleiton & Kledir + Nenhum de Nós desta segunda (13) e terça-feira (14) já estão com ingressos esgotados, mas aqueles que conseguiram garantir presença no Theatro São Pedro (Praça Mal. Deodoro, s/nº) podem conferir ambos os grupos o tempo inteiro no palco, alternando os sucessos de cada um. Entre as músicas apresentadas estão Amanhã ou depois, Deu pra ti, Fonte da saudade, Nem pensar, entre outras.
Para a dupla, a parceria com o Nenhum é desafiadora e prazerosa, enquanto a banda conta que a influência dos Almôndegas, grupo do qual Kleiton & Kledir foram integrantes, e que marcou o final dos anos 1970 pela irreverência.
A importância das duas formações na música popular brasileira também é considerável. O duo tem mais de 20 discos gravados em português e um em espanhol, além de shows pela América Latina, pelos Estados Unidos, pela Europa e pelo Oriente Médio.
O Nenhum de Nós, por sua vez, tem 17 discos, três DVDs e um EP lançados, além de mais de 2 mil shows na conta da carreira.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia