Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 28 de novembro de 2019.
Feriado nos EUA - Dia de Ação de Graças.

Jornal do Comércio

Cultura

COMENTAR | CORRIGIR

Gente

Alterada em 28/11 às 20h22min

Fãs retornam à fila para segunda despedida de Gugu

São Paulo SP 22 11 2019-Morre aos 60 anos o apresentador Gugu Liberato um do maiores nomes da TV Brasileira.foto Twitter

São Paulo SP 22 11 2019-Morre aos 60 anos o apresentador Gugu Liberato um do maiores nomes da TV Brasileira.foto Twitter


REPRODUÇÃO TWITTER/DIVULGAÇÃO/JC
Além de chegarem ainda na madrugada e passarem horas esperando para ver Gugu Liberato, alguns fãs do apresentador fizeram questão de retornar à fila para uma segunda despedida ao artista, que está sendo velado na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), nesta quinta-feira (28).
Além de chegarem ainda na madrugada e passarem horas esperando para ver Gugu Liberato, alguns fãs do apresentador fizeram questão de retornar à fila para uma segunda despedida ao artista, que está sendo velado na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), nesta quinta-feira (28).
Apesar de a fila diante da Alesp ter começado na madrugada, o corpo do apresentador chegou por volta das 10h30min e o velório foi aberto ao público às 12h10min, depois de um momento voltado apenas para a despedida de familiares e amigos. Ele deixa a mulher, Rose Miriam, e três filhos: João Augusto e as gêmeas Marina e Sofia.
Assim que foi aberta a cerimônia, passaram pelo local o governador de São Paulo, João Doria (PSDB); o apresentador da Band Luiz Bacci; o comandante Hamilton, que trabalhou por anos com o apresentador; os irmãos Kiko e Leandro, do grupo KLB; os apresentadores Mara Maravilha e Celso Portiolli; e o ex-Polegar Rafael Ilha.
A cerimônia, aberta ao público, deve seguir até a manhã desta sexta-feira (29). Depois, Gugu será levado em carro de bombeiros para o Cemitério Gethsêmani, no Morumbi, onde será sepultado no jazigo da família. O enterro será no mesmo dia em que aconteceu o de seu pai, dez anos atrás.
O apresentador Gugu Liberato teve a morte confirmada na noite da última sexta-feira (22) após ele passar dois dias internado em um hospital de Orlando, na Flórida, Estados Unidos, em decorrência de uma queda sofrida em casa. Ele despencou de uma altura de quatro metros, quando fazia um reparo no ar-condicionado instalado no sótão.
Após a queda sofrida em sua casa, os médicos constaram que o apresentador não apresentava mais atividade cerebral, segundo a nota de falecimento, que não especifica a data exata da morte. Os familiares então autorizaram a doação de todos os seus órgãos, o que poderia beneficiar até 50 pessoas.
O presidente Jair Bolsonaro(PSL) lamentou a morte do apresentador em suas redes sociais: "O país perde um dos maiores nomes da comunicação televisiva, que por décadas levou informação e alegria aos lares brasileiros. Que Deus o receba de braços abertos e conforte os corações de todos", disse a mensagem.
Já o governador de São Paulo, JoãoDoria (PSDB), decretou luto de três dias em razão da morte do apresentador, que ele classificou como "um de seus principais comunicadores": "O Brasil perde um talento", afirmou em nota. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia